terça-feira, 31 de maio de 2011

VAI TUDO BEM...


Portugal está com uma

taxa de desemprego de 12.6%.

Etiquetas: ,

7 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

O pior cego é Socialista

chiça, ainda querem mais?

1. Temos a segunda maior vaga de emigração dos últimos 160 anos. Temos a segunda maior fuga de cérebros de toda a OCDE. Há maior fracasso que este? Mas é inacreditável o silêncio dos media em relação a esta fuga em massa de portugueses. Parece que é tabu. Nós estamos a emigrar como nos anos 60, mas não se fala disso.
2. Na última década, Portugal teve o pior crescimento económico dos últimos 90 anos.
3. Temos a pior dívida pública (em % do PIB) dos últimos 160 anos. A dívida pública este ano vai rondar os 100% do PIB. E esta dívida pública sem precedentes não inclui os 60 mil milhões de euros das PPPs (35% do PIB adicionais), que foram utilizadas pelo PS para fazer obra (auto-estradas, hospitais, etc.) enquanto se adiava o seu pagamento para os próximos governos e as gerações futuras. As escolas também foram construídas a crédito.
4. Temos a pior taxa de desemprego dos últimos 90 anos (desde que há registos). Em 2005, a taxa de desemprego era de 6,6%. Em 2011, a taxa de desemprego chegou aos 11,1% e continua a aumentar.
5. Temos a maior dívida externa dos últimos 120 anos, e nossa dívida externa bruta é quase 8 vezes maior do que as nossas exportações.
6. A nossa dívida externa bruta em 1995 era inferior a 40% do PIB. Hoje é de 230% do PIB. As dívidas das famílias são cerca de 100% do PIB e 135% do rendimento disponível.
7. Cerca de 50% de todo endividamento nacional deve-se, directa ou indirectamente, ao nosso Estado

E ainda há cerca de um terço de eleitores que ignoram isto. Chiça!

VIVA PORTUGAL LIVRE!
VASSOURADa!!!!!JÁ

terça-feira, 31 maio, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Vitória do PS => bancarrota do Estado => bancarrota das famílias e das empresas

O País precisa de que lhe digam - para que finalmente oiça - que é muito difícil evitar a bancarrota do Estado, que a bancarrota do Estado português implica a bancarrota de uma grande parte das famílias portuguesas e das empresas e que votar Sócrates provocará a bancarrota do Estado em menos de dois anos. O registo financeiro dos dois governos Sócrates permite concluir que a vitória do PS terá essa consequência.

Portanto, de uma forma simples (e muito complicado para os portugueses...): vitória do PS de Sócrates nas eleições de 2011 = bancarrota do Estado = bancarrota das famílias e das empresas.
A contingência da bancarrota não tem sido explicada aos portugueses, em nome de um presumido sentido de Estado - aquilo que, supostamente, têm de mostrar os candidatos para agradar ao eleitorado e que consiste, grosso modo, em não atacar o Governo... Mas quem sabe do perigo faria melhor informar e prevenir os portugueses para o desastre nacional de uma vitória do PS nas eleições de 5 de Junho de 2011.

vassourada!!! JÁ!

terça-feira, 31 maio, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

para criarem uma força de combate aos incêndios feito por ditos profissionais que nada fazem e são dirigidos por compadrios do PS que ganham fortunas, e jipes, ás custas do estado.

terça-feira, 31 maio, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Mas afinal quem é a peixeirona?

terça-feira, 31 maio, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

é a 3ª da lista do psd

terça-feira, 31 maio, 2011  
Anonymous A Curuja disse...

Não me digam que...

... o nosso Borges,

... já está incluido nestes 12.6%.
!!!

terça-feira, 31 maio, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

É hora de mudar!!! No dia 5 de Junho VOTA PSD!

quinta-feira, 02 junho, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter