quarta-feira, 3 de outubro de 2012

LÁ VAI O PORTUGUÊS...



Lá vai o português, diz o mundo, quando diz, apontando umas criaturas carregadas de História que formigam à margem da Europa.


Lá vai o português… lá anda. Dobrado ao peso da História, carregando-a de facto, e que remédio – índias, naufrágios, cruzes de padrão (as mais pesadas). Labuta a côdea do sol-a-sol e já nem sabe se sonha ou se recorda. Mal nasce deixa de ser criança: fica logo com oito séculos.

 
No grande atlas dos humanos talvez figure como um ser mirrado de corpo, mirrado e ressequido, mas que outra forma poderia ele ter depois de tantas gerações a lavrar sal e cascalho? Repare-se que foi remetido pelos mares a uma estreita faixa de litoral (Lusitânia, assim chamada) e que se cravou nela com unhas e dentes, com amor, com desespero, ou lá o que é. Quer isto dizer que está preso à Europa pela ponta, pelo que sobra dela, para não se deixar devolver aos oceanos que descobriu, com muita honra. E nisto não é como o coral que faz pé firme num ondular de cores vivas, mercados e joalharia; é antes como o mexilhão cativo, pobre e obscuro, já sem água, todo crespo, que vive a contra-corrente no anonimato do rochedo. (De modo que quando a tormenta varre a Europa é ele que a suporta e se faz pedra, mais obscuro ainda).

Tem pele de árabe, dizem. Olhos de cartógrafo, travo de especiarias. Em matéria de argúcias será judeu, porém não tenaz: paciente apenas. Nos engenhos da fome, oriental. Há mesmo quem lhe descubra qualquer coisa de grego, que é outra criatura de muitíssima História.

Chega-se a perguntar: está vivo? E claro que está: vivo e humilhado de tanto se devorar por dentro. Observado de perto pode até notar-se que escoa um brilho de humor por sob a casca, um riso cruel, de si para si, que lhe serve de distância para resistir e que herdou dos mais heróicos, com Fernão Mendes à cabeça, seu avô de tempestades. Isto porque, lá de quando em quando, abre muito em segredo a casca empedernida e, então sim, vê-se-lhe uma cicatriz mordaz que é o tal humor. Depois fecha-se outra vez no escuro, no olvidado.

Lá anda, é deixá-lo. Coberto de luto, suporta o sol africano que coze o pão na planície; mais a norte veste-se de palha e vai atrás da cabra pelas fragas nordestinas. Empurra bois para o mar, lavra sargaços; pesca dos restos, cultiva na rocha. Em Lisboa, é trepador de colinas e de calçadas; mouro à esquina, acocorado diante do prato. Em Paris e nos Quintos dos Infernos topa-a-tudo e minador. Mas esteja onde estiver, na hora mais íntima lembrará sempre um cismador deserto, voltado para o mar.

É um pouco assim o nosso irmão português. Somos assim, bem o sabemos.

Assim, como?

José Cardoso Pires 
E Agora, José ?

Etiquetas: , ,

35 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Exige-se o fim imediato dos partidos politicos e dos sindicatos.Em 38 anos não conseguirem formar um grupo de pessoas com capacidade, recrutaram apenas os piores da sociedade Portuguesa. Portugal precisa duma DEMOCRACIA praticada por democraticos. Os partidos estão minados e nunca terão capacidade para governar nada.

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous João Luís Costa Silva disse...

IRS pago pelos portugueses vai subir cerca de 30% em 2013.
Estamos fartos de pagar impostos para que os cabrões e filhos da puta do governo gastarem sem beneficio do povo deste distrito.
Morte ao vigaristas,ladrões,pulhas do CDS/PP e do PPD/PSD.

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

A SUA VIDA PODE ESTAR EM RISCO. DESINSTALE RAPIDAMENTE ESTE GOVERNO E MUDE DE SISTEMA OPERATIVO.

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

o serrinhas do pingo doce ccontinua a meter a mao no dinheiro dos outros?

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Casa dos segredos 3
festa na Praça João Paulo II

O diretor do programa João Banana, prepara, há mais de um ano, com as duas apresentadoras a escolha dos concorrentes, após longo casting selecionaram os 7 cromos. quais serão os seus segredos.
os critérios de seleção:
ter padrinho politico,
não ter demonstrado nos ultimos anos capacidade para nada,
ser unanimemente considerado dentro da instituição um zero

não perca os proximos diretos...

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

REFORMAS EM PORTUGAL E EM DEMOCRACIA É PURA UTOPIA,VENHA UMA DITA-DURA,SÓ EM PORTUGAL SE FAZEM GREVES POR PARASITAS MAQ.DA CP GANHAM 6.000 EUROS POR MÊS E DEPOIS ANDAM COM GREVES DE 30 MINUTOS AVACALHARAM OO LEGITIMO DIREITO À GREVE,O PCP VAI PAGAR ESTESBILIOES DE PREJUIZO??

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Mais um anúncio de um garrote a apertar a garganta do povo.
Este povo, que não reclama nem resiste, bem o merece...
Mas eu e o leitor que não é atrasadinho, não.
Os portugueses com 2 dedos de testa - e ainda serão um milhão - devem resistir a esta enormidade de meia dúzia de garotos fazerem pagar a um rebanho indiferenciado de 9 milhões de cabeças distraídas aquilo que meia dúzia de bandidos roubaram ao longo de 3 décadas.
Somos um milhão de lúcidos.
É muita gente!
Ninguém pára um milhão de mentes esclarecidas.
De que estaremos à espera para começarmos a organizar-nos??

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

1. Vítor Gaspar orgulha-se do resultado das políticas do seu Governo sobre as contas externas. Da redução das importações que traduz a maior obra do actual Governo, a miséria generalizada em crescimento acelerado, e do ligeiro aumento registado nas exportações a que tais políticas são completamente alheias, antes traduzindo a sorte que temos em não haver Gaspares do seu calibre com idênticas irresponsabilidades nos mercados de destino.

2. Como prova de um trabalho com resultados visíveis, Vítor Gaspar mostrou-se orgulhoso por poder apresentar a diferença orçamental entre receitas e despesas sem contar com os juros que pagamos aos credores externos. Tal diferença apenas mostra, por um lado, o autêntico roubo que todos estamos a pagar pela subserviência de três partidos que assinaram um memorando que deixou a fixação da taxa de juro ao livre critério dos bons samaritanos da troika, isto é, quem recebe decidiu quanto iria receber, e, por outro, os cortes salariais na função pública e nas pensões de reforma decretados em 2011 por José Sócrates, o roubo de subsídios de férias e de Natal aos mesmos funcionários públicos e pensionistas e o desmantelamento em curso dos nossos serviços públicos.

3. Vítor Gaspar anunciou um aumento brutal de impostos que chega aos 30% na tributação de rendimentos do trabalho.
Repetiu o imposto extraordinário que havia sido anunciado como roubo irrepetível no ano passado e fez o mesmo à inconstitucionalidade do roubo de subsídios de férias e de Natal deste ano a funcionários públicos e pensionistas, aplicando a um deles um truque de esperteza saloia para convencer a sua almofada que sobre ela repousa diariamente a cabeça de um génio.

4. E só um génio para admitir que em 2013 o consumo interno cairá menos do que caiu em 2012 com um rendimento disponível das famílias ainda sem as subtracções anunciadas.

5. A mesma genialidade que prevê que com tal consumo a economia retomará o crescimento a partir do segundo trimestre de 2013.

...

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

6. E que, como tal, a taxa de desemprego em 2013 será de apenas 16,4%. Segundo o EUROSTAT, a taxa de desemprego era já de 15,9% em Agosto. Entretanto, já estamos em Outubro, a sazonalidade que amorteceu o aumento ainda assim brutal verificado em Agosto já é passado, tal como Setembro, o mês em que os milhares de portugueses que conseguiram trabalho nos meses de Verão se vêem novamente em situação de desemprego. Com toda a certeza que já ultrapassamos a previsão de Gaspar para 2013 e isto, para além dos dramas vividos por 1,3 milhões de portugueses, é mais grave do que parece: temos um Ministro das Finanças que soma às confusões anteriores uma que é absolutamente básica, entre o presente e o futuro.

7. Vítor Gaspar referiu-se a um aumento brutal no IMI. O Governo andou a pagar 2,50 euros à hora a avaliadores cuja missão foi a de inflacionar o valor matricial de imóveis que, na esmagadora maioria, nem sequer visitaram. Isto num momento em que os valores de mercado observam variações de sinal contrário e em que quem queira vender o seu imóvel não tem quem o compre: por não haver crédito, o mercado está completamente parado.

8. Vítor Gaspar voltou a ser bastante vago quanto à carga fiscal a aplicar a quem pouco ou nada contribui para a sociedade onde enriquece. Entre os que nada pagam, e voltando ao IMI, registe-se que o maior proprietário imobiliário do país irá continuar isento em 2013. A Igreja Católica há-de estar a respirar de alívio por voltar a não pagar uma pevide pelo seu vastíssimo património. Tal como todos os outros isentíssimos do regime, bem poderia convocar uma conferência de imprensa onde esboçasse um "obrigado, portugueses, por pagarem o que nos caberia caso houvesse justiça fiscal neste país". A boa educação ainda não é pecado. Acho eu.

9. Termino com um detalhe que me impressionou imenso por ser uma boa medida da loucura deste Governo: Vítor Gaspar referiu-se a 2014 e às próximas duas avaliações da troika como se planeasse permanecer no lugar até lá e como se fosse possível ao actual Governo continuar em funções depois desta última "dificuldade de comunicação".

A rua já lhes está a encomendar os futuros.
Agora é que isto vai começar a aquecer.

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Eis o essencial do anúncio de Vítor Gaspar quando apresentou um “enorme aumento de impostos”, como o próprio classificou o conjunto das medidas:

Mudanças no IRS
É reposto, em 2013, um subsídio aos trabalhadores da função pública (repartido ao longo dos vencimentos dos 12 meses do ano) e 1,1 aos pensionistas e reformados.

No entanto, o Orçamento do Estado para 2013 introduz uma sobretaxa de 4% em sede de IRS e são alterados os escalões do IRS, que passam a ser cinco (em vez dos oito actuais). A alteração, com a qual o Governo quer tornar o IRS mais progressivo, implica um aumento da taxa média efectiva de 9,8% para 11,8%. Conjugadas, estas duas últimas medidas traduzem-se num agravamento da taxa média efectiva, de 11,8% para 13,2%.

A taxa máxima sobe para 54,5% em vez 46,5% (é aplicada aos rendimentos superiores a 153.300 euros.

Sobre os rendimentos mais elevados é mantida uma taxa de solidariedade de 2,5%.

Subida do IMI
O Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) sofre um forte agravamento em 2013, sendo eliminada a cláusula de salvaguarda prevista no Código do IMI. Isto significa que o valor a pagar pelos proprietários de habitação própria pode subir várias vezes.

Aumento do imposto sobre o tabaco
O preço do tabaco vai aumentar em 2013, através de um agravamento do imposto. A garantia foi dada por Vítor Gaspar, mas o valor ainda não é conhecido. Quando o Governo deixou cair as alterações na Taxa Social Única, a Confederação da Indústria Portuguesa propôs o aumento em 30% do imposto sobre o tabaco.

Bens de luxo e imóveis
A tributação sobre bens de luxo (como barcos ou carros de alta cilindrada) e imóveis com valor igual ou superior a um milhão de euros (em sede de imposto de selo) também aumenta. As medidas têm efeitos ainda este ano e mantêm-se em 2013.

Rendimentos de capital
O aumento da tributação sobre os rendimentos de capital avança já este ano. O Governo já tinha anunciado mexidas na taxa liberatória (de 25% para 26,5%). Agora, Vítor Gaspar anunciou um novo agravamento, mas sem divulgar em quanto.

Imposto sobre as transacções financeiras
O Governo pretende aplicar uma taxa sobre transacções financeiras. Nada em concreto foi adiantado por Vítor Gaspar, que apenas disse que a medida estará em sintonia com aquilo que a União Europeia introduzir.

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Casa dos segredos 3
Festa na Praça João Paulo II\

João Banana diretor do programa, acabado de tirar o mestrado em comedor de melancia sem cagar a gravata, na universidade Cupófuna, reune com as apresentadoras dra Tachos de Barro e dra Anã Tosta, para decidirem os moldes da palhaçada..

não perca os proximos diretos, vamos conhecer os concorrentes um por um, quais serão os segredos?

nota: esta obra é pura ficção, por favor não se suicidem por causa disto.

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Que vergonha a Câmara quer manter a fundação robinson e vai pedir apoio financeiro para pagar a esses papões. Como é possível o PSD os Presidentes de junta que sempre criticaram votarem a favor para a continuidade e a CDU demitem-se e agora querem papar mais um anito? Mas como a população e os senhores do PS permitem tal pouca vergonha? Fechem esse papa dinheiro a Carrilho que vá cuidar das vacas de onde nunca deveria ter saído.

quarta-feira, 03 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo irá participar uma vez mais no evento Open Days, Semana Europeia das Regiões e Cidades, que vai decorrer em Bruxelas entre 8 e 11 de outubro, e cujo tema deste ano Europe's regions and cities: Making a difference

A CCDR Alentejo cuja delegação será composta pelo Vice-Presidente da CCDR Alentejo, Roberto Grilo, pelo Chefe de Divisão de Cooperação Inter-regional, Paulo Silva e pela oradora convidada, Maria José Comenda

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

É só chulos da política!
Os Alentejanos vão pagando as mordomias a estes e outros incompetentes de merda.
Até quando?

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

garrote é o que alguns funcionarios da caixa geral de depositos fazem aos clientes e tu sabes do que eu estou a falar hugo serras

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Depois das medidas ontem divulgadas, apresento-lhes os responsáveis em Portalegre... Para o ano em abril a população até berra para pagar o IMI:
Cristovão Crespo - salario 5500 euros mensais
Paula Marques - 4200 euros mensais
Roberto Grilo - 4385 euros mensais
João Filipe Jesus - 4900 euros mensais
João carlos Laranjo - 4320 euros mensais

Eles continuam a pedir sacrificios... mas quem recebe o chorudo ordenado são eles!

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Depois das medidas ontem divulgadas, apresento-lhes os responsáveis em Portalegre... O IRS foi agravado....a população até berra para pagar:
Cristovão Crespo - salario 5500 euros mensais
Paula Marques - 4200 euros mensais
Roberto Grilo - 4385 euros mensais
João Filipe Jesus - 4900 euros mensais
João carlos Laranjo - 4320 euros mensais

Eles continuam a pedir sacrificios... mas quem recebe o chorudo ordenado são eles!

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

vergonhoso.. tanto dinheiro para tao pouco trabalho!!

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

pior que isso é que por causa do PS a partir de janeiro a malta na camara não vai ter salário!!!

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Coitadinhos!
Não há dinheiro?
Não se paga!
Há tempo que muitos estão esperando pelo pagamento dos calotes!

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

As gajas do PPD/PSD da Câmara de Portalegre ponham a cona a render para pagar as dívidas.

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Oh ignorante... não vês que a culpa não é do PS mas do PSD e do Mata Cáceres que enterraram esta merda até mais não?

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

QUANDO FOR ADULTA QUERO SER PROFESSORA, CASAR COM UM MÉDICO E GOZAR TODOS OS MESES UMA SEMANA DE FÉRIAS, FAZER UMA VIAGEM AO ESTRANGEIRO,À CUSTA DE UM ATESTADO.

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

OS CHULOS DE PORTALEGRE
Cristovão Crespo - salario 5500 euros mensais
Paula Marques - 4200 euros mensais
Roberto Grilo - 4385 euros mensais
João Filipe Jesus - 4900 euros mensais
João carlos Laranjo - 4320 euros mensais

COM LABREGOS DESTES NO COMANDO DO PAÍS É NATURAL QUE ESTEJAMOS TODOS FODIDOS.... ESTA GENTE SÓ SABE MAMAR A CUSTA DE TODOS NÓS!

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

A concelhia foi ganha pela merda do arrebenta portas do pavilhão...

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Todos os que se metem com essa escumalha que anda a comer a conta do estado levam pancada... As pessoas estão fartas de chupistas... Parabens Serrote!

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

A ser assim parabéns ao PS porque, apresente quem apresentar, já ganhou as eleições...

quinta-feira, 04 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

O último a rir é o que se ri melhor....
Ganharam a concelhia mas ainda não ganharam a câmara.
Portalegre já está farta de tanto Serrote... É provedor, é provedora, é concelhia, é cimaa, foi uma alegria ele ter sido corrido da CMP ninguém o podia ver na frente, o gajo só chegava ao serviço às 3 da tarde e saia às 4.30 como pode isto lutar pelos destinos do nosso municipio!!!!

sexta-feira, 05 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

ó pequenote!!tas é com azia!

sexta-feira, 05 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Depois das medidas ontem divulgadas, apresento-lhes os responsáveis em Portalegre... O IRS foi agravado....a população até berra para pagar:
Cristovão Crespo - salario 5500 euros mensais
Paula Marques - 4200 euros mensais
Roberto Grilo - 4385 euros mensais
João Filipe Jesus - 4900 euros mensais
João carlos Laranjo - 4320 euros mensais

Eles continuam a pedir sacrificios... mas quem recebe o chorudo ordenado são eles!

PUTA QUE OS PARIU A TODOS POLITICOS DA MERDA,ps,psd,cds,pcp,be,É TUDO A MESMA MERDA.

sexta-feira, 05 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...


O que mais impressiona neste governo é o seu excesso de troikismo quando escondidos nos seus gabinetes adoptam políticas bem mais brutais do que as que estavam previstas no memorando e a cobardia em assumir as consequência por essa opção. Quis o destino que fosse num feriado que, independentemente das opções republicanas ou democráticas, comemora valores de ética de dignidade e de coragem que o governo fez uma grande exibição de cobardia.

Passos Coelho podia ter optado por ir mostrar as vacas da Graciosa à sua esposa, mas ais ainda corria o risco de as vacas não andarem tão felizes e levar alguma cornada. Até podia ter ido a Paris onde há menos vacas mas, em contrapartida, há demasiado portugueses, esse povo de gente piegas que agora lhe deu para vaiar o governo. Por causa da diáspora há portugueses na Europa ocidental e arredores pelo que restou a Passos ir para um país da antiga Europa de Leste, aí ainda não há portugueses, ninguém o conhece e pode participar numa iniciativa que é tão importante para o país como um congresso da Tupperware.

Passos Coelho um cobardolas, o homem que chamou piegas aos portugueses, que é mais troikista do que a troika e que defende uma política brutal custe o que custar é, afinal, um cobardolas que não parece ter tomates para dar a cara perante o povo e para se sentir tranquilo até foge para bem longe do país. Até poderia ter sido obrigado, mas nesse caso ter-se feito representar por Vítor Gaspar, a segunda figura do governo e se este tivesse impedido poderia ser substituído por Portas. Mas não, a nota dominante deste governo é a falta dos dito e o primeiro-ministro cobardolas fez-se representar pelo ministro da Defesa, a quarta figura na hierarquia do governo.

Quando o país precisa de coragem o governo opta por uma exibição de cobardia, quando no 5 de Outubro os governantes devem dar um exemplo de dignidade o país assistiu a uma fuga de ratazanas, quando um governo deveria ter a coragem de assumir as responsabilidades foge com medo do povo. Portugal não tem uma governo de uma República, isto é pior que a direcção de uma associação de estudantes do ensino básico.

Além de incompetente, dos tiques ideológicos do fascismo, de ministros com diplomas da treta, de defensores dos contribuintes que apreciam roubos fiscais, o governo está cheio de cobardolas.

sexta-feira, 05 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Qual é o valor das fodas às caloteiras do PSD da Câmara Municipal de Portalegre?

sexta-feira, 05 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

AS GAJAS DA CÂMARA É A ESCOLHER OU É PELA ORDEM DO TIKET?NÃO ME FAZ DIFERENÇASÃO TODAS BOAS!!!!!

segunda-feira, 08 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

É a vergonha do factor C, dá para os dois lados.
Patuscadas bem regadas e aconapanhadas é politica.

terça-feira, 09 outubro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

O mata arruinou isto e os que vieram depois continuam o trabalho .... faliram isto tudo espero que os portalegrenses lhe mostrem bem o que estes gajos merecem ..... Andam todos a passear á custa dos nossoa impostos ------- carros durante 24 horas ... almoços .... e negócios duvidosos....

quinta-feira, 22 novembro, 2012  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter