quinta-feira, 16 de agosto de 2012

PORTUGUESES...













Os portugueses não formam uma sociedade porque não são sócios uns dos outros. Tomemos os exemplos mais corriqueiros. Na cidade velha, vai-se pela rua e pode-se apanhar com sacos de migas de pão ralado, atirados aos pombos, na cabeça. E a rua está cheia de cagadelas de cão, coisa que não se vê em mais cidade nenhuma, porque cada um entende que o espaço público se pode sujar à vontade. Lisboa é habitada por uma horda que usa fato e gravata e anda de automóvel, mas que não chegou sequer ao patamar mínimo de civilização urbana. Começa-se sempre de cima para baixo. A Lisboa 94, com a sua falta de ideia, fez várias coisas em cima sem haver nada em baixo, confundiu arte com cultura. A cultura começa nas ruas onde se pode andar, no ambiente cuidado, nos jardins tratados, que não existem.
.
Há um total desprezo do próximo, uma falta de noção dos direitos e deveres urbanos civilizacionais. Soube agora de um caso que se passa num prédio normal do centro da cidade. Há alguém que guarda a moto do filho de família no patamar entre o terceiro e o quarto andares e, quando lhe vão dizer que não o pode fazer, essa gente que é licenciada fecha a porta, dizendo: «A moto é minha, eu faço o que eu quero!» Tal e qual como o sapateiro que bate no filho e diz: «O filho é meu, eu faço o que quero!». É a sociedade do «salve-se quem puder». A maior parte das discussões que se geram em bichas, em lugares públicos onde se reclama um direito, resulta da falta de noção muito exacta que qualquer alemão, francês ou italiano tem dos seus direitos e deveres. Aqui é tudo uma «questão particular». Passa a não ser uma sociedade organizada mas um clã. É simpático, de repente, encontrarmos uma grande humanidade e intimidade onde menos esperávamos. Sabe bem mas o preço é caro, implica um dia-a-dia desgastante, onde tudo funciona improvisada e desastradamente. Nem se pode andar pelas ruas porque os carros ocupam os passeios. São insignificâncias que vão criando e alimentando quotidianamente um mal-estar, um cansaço, uma perda de energia. Quando ando pela Baixa duas ou três horas, começo a sentir um esgotamento de tipo espiritual, ao contrário do que acontece em qualquer cidade europeia em que fico mais alerta, enérgico e cheio de ideias. Aqui, começo a arrastar os pés e a andar em passo de procissão, que é como fazem os portugueses, um pouco vergados, dai a metáfora de trazer um peso nas costas. Há, de facto, um peso qualquer que está lá dentro, nas costas do espírito. Este país é como uma eterna pequena constipação.
.
E esta fatídica vocação para as pantufas… Conta-se que, depois do terramoto, alguns aristocratas que ficaram sem palácio instalaram-se em barracões onde é hoje o Rato, com grande promiscuidade e as couvinhas lá atrás. Quando os palácios ficaram prontos, não queriam sair, pois era ali que lhes sabia bem. Isto define a mentalidade portuguesa.
.
A arte em Portugal não tem a ter com a vida. O museu e o espectáculo são coisas que se passam em lugares fechados, com horário e um culto feito em grande parte de snobismo e de obrigação social. Daí o grande desconforto dos artistas em Portugal, uma espécie de marcianos, porque aquilo que fazem não tem nada a ver com os interesses da sociedade. Em Itália. o cidadão mais humilde tem uma intuição, um conhecimento e uma veneração pela arte que aqui terá talvez o equivalente na veneração pela Nossa Senhora de Fátima. Até coincide porque é a veneração por um desconhecido, pelo que está para além da razão. Se não houvesse motivos exteriores, não creio que fizesse falta a quem quer que fosse ir a exposições de pintura, ao teatro ou à ópera.
.
Há um egoísmo perfeitamente catastrófico que caracteriza os portugueses. No seu dia-a-dia, desde que tenha resolvido o seu problemazinho e possa comer o seu bifinho com batatas fritas ou o seu bacalhauzinho, já tira dai um prazerzinho que o deixa satisfeito. O Eça usou todos esses diminutivos com razão, porque tudo é pequeno, da dimensão ao espírito. Satisfazem-se com pouco.
.
Outra característica dos portugueses é ter medo do risco, podem cair no ridículo, que fica muito mal. Ora para fazer grandes coisas, é preciso arriscar cair do trapézio. Mas os portugueses preferem trabalhar com rede ou então a um metro do chão. Os Descobrimentos foram uma necessidade porque essa gente que vinha do Norte do Pais, a cair de fome e a morrer pelo caminho, não tinha outra hipótese. E não esqueçamos os mercenários. Os relatos deixam-nos imaginar o tormento daquelas viagens, com doenças e sem comida, em condições de puro desespero. Depois, lá veio a mitificação histórica. Obviamente haveria alguns, poucos, a começar pelo infante D. Henrique, que teriam o seu projecto de alargar a Terra, de chegar a qualquer lado e de tirar lucro, que é o que faz correr o homem. O Camões diz textualmente, n’Os Lusíadas, que «nunca houve nação, nem bárbara, que prezasse tão pouco as artes como a portuguesa». E o padre António Vieira dizia, naquelas etimologias divertidas, que o mundo é mundo porque, por antífrase, é imundo tal como a Lusitânia se chama assim já que não deixa luzir ninguém por causa da inveja. E podíamos continuar com o Eça, com o António Nobre, com os que reflectiram porque tiveram oportunidade de comparar… (…).
.
Vivi na Alemanha muitos anos e pude constatar que o mito do amor ao trabalho dos Alemães é falso. Não gostam de trabalhar, mas sabem que e preciso. Por isso, fazem-no o mais eficientemente possível. Durante o trabalho, os alemães não conversam sobre futebol nem as alemãs falam de meninos, como aqui. E fora dele é tabu falar sobre isso. Ao contrário de Portugal, onde se passa o almoço a falar do trabalho, uma paranóia perfeita.
.
Enquanto a Europa é urbana e civilizada há muito tempo, em Portugal o crescimento faz-se por saltos muito grandes. Temos a ideia de que o progresso é deitar fora o que há e substituir pelo novo, o que mostra que não o conseguimos integrar. Em cada época, há elementos que definem o novo-riquismo. No século XVI, o embaixador do Papa escrevia para Roma a dizer que não entendia porque é que o barbeiro, um homem muito pobre, tinha um pretinho para lhe carregar a bacia quando ia fazer a barba a casa do cliente. Na Segunda Guerra, houve o boom dos novos-ricos do volfrâmio e dizia-se que eles comiam a sardinha assada com pão-de-ló. Hoje continua e, apesar do novo-riquismo destes anos em que já somos europeus, basta por o pé para lá da fronteira para perceber que somos cada vez menos em termos culturais. Temos o mito das melhores praias, dos melhores vinhos, mas quanto tempo vão durar? Há terrenos próximos de Lisboa, na zona do Ribatejo, que estavam classificados para agricultura exclusivamente. Há três ou quatro anos saiu um decreto que permite utilizá-los para campos de golfe desde que sejam reconvertíveis. Daqui a 15 anos, comeremos bolas de golfe em vez de couves…
.
Os Ingleses, mesmo lá no extremo do Sahara, continuam a manter a nacionalidade e a beber o chá das cinco porque têm uma personalidade forte. Mas um português na Alemanha, ao fim de cinco anos é alemão, e no Japão torna-se um autêntico japonês. Tem uma capacidade espantosa de adaptação, uma qualidade que lhe facilita a vida, mas que é sinal de uma personalidade fraca. O nosso racismo é económico. Tratamos com servilismo os que têm mais dinheiro que nós, embora haja quem diga que isso é a cordialidade do português a acolher os estrangeiros.
-
Tal como há quem diga que a língua portuguesa é o espanhol sem ossos. Compare-se o «quero-te» com o «te quiero»: enquanto num a entoação morre no fim, no outro a afirmação é evidente logo no som. É como se nem na língua tivéssemos coluna vertebral.
-
Portugal ficou a meio caminho entre o Norte de Africa e a Europa. E não se consegue definir. É pobre combinar as coisas sem definir uma ideia e uma identidade próprias. Não há, em Portugal, politica no sentido autêntico da palavra, uma ideia de sociedade para dar forma ao Estado. Não há partido que a tenha, excepto, talvez, o comunista, mas não é uma ideia própria. Os políticos portugueses, tal como os artistas, são preguiçosos, pouco competentes e bastante diletantes”.

Alberto Pimenta
Diário de Notícias, 29 de Janeiro de 1995

Etiquetas: , ,

55 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

A lista está quase pronta. Quem precebe um pouco de informática consegue desmascarar esta palhaçada toda. Um dia destes, estes cobardolas dos anónimos vão ser todos revelados, tipo wikileaks à alentejana. Depois quero ver como se encaram na rua ou no próprio serviço.
Vai ser lindo. Preparem-se.

quinta-feira, 16 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Psicólogo,psiquiatra,ou um doutor qualquer,este blogue é só ressabiados.

Ressabiado nº1:-O que quis entrar para os Bombeiros não o deixaram entrar,só diz mal dos bombeiros.

Nº2-O que foi multado pelas forças de segurança e então afinfa-lhe nas ditas.

Nº3-O que queria tacho quando o ps estava no Governo e não lho deram.

Nº4-O que quer tacho agora que o psd está no governo e não lho dão.

Nº5-O que nunca fez pela vida e agora ve os da idade dele com trabalho e ele anda a coçar a micose.

Muitos mais há que me esqueço,os de Arronches,Marvão,etc...é só ressabiados,mas há um que já não mete aqui mais posts, é aquele ressabiado a quem a mulher pôs os cornos e então pensava que, Portalegre é só putas como a mulher dele.Esse foi corrido na Nazaré,levou uns pares de bandarilhas,foi pegado pelos forcados de Portalegre,e agora é come-lo em bifes em qualquer restaurante perto de si.

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Olha olha o palerma do 1ºcomentador a quere armar-se em homem da informatica. VAI PROC CARALHO PA E VAI TE TRATAR SEU PANENELIRO

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Essa merda de psicólogo de pacotilha era bom que olhasse para dentro de si e sacudisse delá a bosta que os pais ali lhe colocaram quando era menino e moço.
"não faças isso, olha que vais para o inferno, cuidado não sujes as calças, a punheta além de ser um grande pecado faz mal à saude, etc. etc.".
Vai dar catequese aos putos meu grandessissimo cabrão que daqui não levas nada.
Assinado:
um arronchense

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous ALTO ALENTEJO NEWS disse...

A lista está quase pronta? A lista de que? de putas e paneleiros como tu? ahah Vai dar balho ao cão pá!!!! Antes qye alguem te enrrabe

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

esdaAcho alguma piada esta de estarem sempre a malhar nos FP. Por acaso os Hospitais e Centros de Saúde foram feitos só para os FP? Os Tribunais como é óbvio também só aceitam acções propostas por FP. E a Policia só defende os FP? E os militares, como é óbvio servem para proteger o país de ataques ao FP. E o que dizer das auto-estradas que foram construidas apenas para os FP; e as escolas?E o lixo só é recolhido para os FP? Então porque raio são os FP os bodes expiatórios. Não podem ser despedidos? tretas, vejam os professores. Ganham mais? Um médico que ganha 1600 euros é bem pago?Um enfermeiro 800 euros; é um grande ordenado? Têm a ADSE, pois têm, mas também pagam mais para isso. E quem recebe os biliões de rendimento minimo; de subsidio de desemprego; dos subsidios à agricultura; de subsidios às empresas privadas ( claro , só algumas, as de sempre). Quem foge aos impostos? Serão os funcionários públicos? E acho piada também aqueles que tanto criticam os FP serem geralmente os primeiros a protestar quando fecham um centro de saúde ou esperam muito tempo num Hospital. Habituem-se pois vai ser bem pior e ainda vão ter saudades dos maganos dos FP..

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

mas e verdade o que o primeiro comentador disse. No outro dia mais um amigo meu que esta dentro do sistema informatico da policia . Estivemos a verificar alguns comentarios sobre a titi falcao que foram dar a imeis muito interessantes. Deus queira que nunca se descubram

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

I
O pequeno filho-da-puta
é sempre
um pequeno filho-da-puta;
mas não há filho-da-puta,
por pequeno que seja,
que não tenha
a sua própria
grandeza,
diz o pequeno filho-da-puta.


no entanto, há
filhos-da-putaque nascem
grandesefilhos-da-puta
que nascem pequenos,
diz o pequeno filho-da-puta.
de resto,
os filhos-da-puta
não se medem aos
palmos,diz ainda
o pequeno filho-da-puta.


o pequeno
filho-da-puta
tem uma pequena
visão das coisas
e mostra em
tudo quanto faz
e diz
que é mesmo
o pequeno
filho-da-puta.


no entanto,
o pequeno filho-da-puta
tem orgulho
em ser
o pequeno filho-da-puta.
todos os grandes
filhos-da-puta
são reproduções em
ponto grande
do pequeno
filho-da-puta,
diz o pequeno filho-da-puta.


dentro do
pequeno filho-da-puta
estão em ideia
todos os grandes filhos-da-puta,
diz o
pequeno filho-da-puta.
tudo o que é mau
para o pequeno
é mau
para o grande filho-da-puta,
diz o pequeno filho-da-puta.

o pequeno filho-da-puta
foi concebido
pelo pequeno senhor
à sua imagem
e semelhança,
diz o pequeno filho-da-puta.

é o pequenofilho-da-puta
que dá ao grande
tudo aquilo de que
ele precisa
para ser o grande filho-da-puta,
diz o
pequeno filho-da-puta.
de resto,
o pequeno filho-da-puta vê
com bons olhos
o engrandecimento
do grande filho-da-puta:
o pequeno filho-da-puta
o pequeno senhor
Sujeito Serviçal
Simples Sobejo
ou seja,
o pequeno filho-da-puta.

...

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

II
o grande filho-da-puta
também em certos casos começa
por ser
um pequeno filho-da-puta,
e não há filho-da-puta,
por pequeno que seja,
que não possa
vir a ser
um grande filho-da-puta,
diz o grande filho-da-puta.

no entanto,
há filhos-da-puta
que já nascem grandes
e filhos-da-puta
que nascem pequenos,
diz o grande filho-da-puta.

de resto,
os filhos-da-puta
não se medem aos
palmos, diz ainda
o grande filho-da-puta.

o grande filho-da-puta
tem uma grande
visão das coisas
e mostra em
tudo quanto faz
e diz
que é mesmo
o grande filho-da-puta.

por isso
o grande filho-da-puta
tem orgulho em ser
o grande filho-da-puta.

todos
os pequenos filhos-da-puta
são reproduções em
ponto pequeno
do grande filho-da-puta,
diz o grande filho-da-puta.
dentro do
grande filho-da-puta
estão em ideia
todos os
pequenos filhos-da-puta,
diz o
grande filho-da-puta.

tudo o que é bom
para o grande
não pode
deixar de ser igualmente bom
para os pequenos filhos-da-puta,
diz
o grande filho-da-puta.

o grande filho-da-puta
foi concebido
pelo grande senhor
à sua imagem e
semelhança,
diz o grande filho-da-puta.

é o grande filho-da-puta
que dá ao pequeno
tudo aquilo de que ele
precisa para ser
o pequeno filho-da-puta,
diz o
grande filho-da-puta.
de resto,
o grande filho-da-puta
vê com bons olhos
a multiplicação
do pequeno filho-da-puta:
o grande filho-da-puta
o grande senhor
Santo e Senha
Símbolo Supremo
ou seja,
o grande filho-da-puta.

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

muito interessantes? e o amigo esta dentro do sistema da policia? ai está? neste momento acabei de enviar para a Polícia Judiciária, Departamento de Combate ao Crime Informático, o referido link e solicitar a pesquisa e localização do referido autot do post. Vamos pois ver quem é esse >amigo< que conhece o sistema da polícia.

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

A listagem de números PT MEO cujo computadores estão associados vão ser denunciados à PJ por serem utilizadores por rabixos e putas que encornam maridos mas parecem santinhas-

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

este xicoesperto que anda por aqui disfarçado de informático está aqui está a levar com um virus no cu que até vê as estrelas. Um virus com 30 cm de tamanho e da grossura de uma medi Sagres! Deixai-o pousar...

sexta-feira, 17 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

quem parece que gosta de ingredientyes com essas espeçuras é a titia falcão- o pedrocas ja usa comprimidos para a gaita

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Aqui em Castelo de Vide o dinheiro da Câmara vai todo para os senhores das novelas, são os reis desta terra. Já em Marvão, o senhor Vereador José Manuel Pires mete os funcionários a trabalhar para ele, recebem os turistas e depois é tudo encaminhado para o D. Pedro V ou o Mil Homens para almoçar
Viva o luxo!

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...


Os pobres são uma chatice estatística para o país, são eles que estragam tudo nos indicadores da criminalidade, da pobreza, do abandono escolar, etc.. Com menos pobres havia mais impostos para subsidiar os ricos que precisam de dinheiro para investir, para capitalizar os coitados dos bancos, o Estado gastaria menos dinheiro em saúde, ensino e despesas sociais. Os pobres são mesmo uma chatice para o país.

Quando são pequeninos e é o Estado que tem dos aturar as suas creches podem muito bem caber dois em cada cama. É um desperdício gastar o dinheiro do Estado em creches para pobres, se numa cama cabem dois bebés de pobres porque há-de servir apenas para um?

Quando são velhos e voltam a depender do Estado os pobres podem muito bem ser metidos dois em cada quarto, um em cada quarto é um desperdício de dinheirinho que dá tanto jeito para pagar os almoços dos governantes e assessores em ministério como os das Finanças.Os pobres estão mais habituados a suportar dificuldades, na casa de um pobre onde comem dois comem cinco, é por isso que é mais justo que a austeridade incida mais sobre quem está melhor preparado para sofrer.

Os pobres são uns malandros, ao contrário dos ricos portugueses que adoram trabalhar os nossos pobres são uns mandriões oportunistas, se estiverem desempregados e com subsídio de desemprego não lhes passa pela cabeça procurar emprego, se recebem o rendimento mínimo pensam logo que são ricos e vieram a este mundo para viverem nos rendimentos. É por isso que o corte nos apoios sociais é um estímulo para que os pobres inúteis passem a ser pobres úteis.

Os pobres ou são burros ou se casualmente nascerem inteligentes isso é uma partida da natureza, a inteligência é inútil num pobre, por isso as turmas do ensino secundário destinadas aos pobres devem ter o maior número de alunos que conseguir meter numa sala, uma espécie de concurso do Morris Mini. Já no ensino privado é aconselhável atribuir subsídios exigindo-se um número mínimo de alunos por turma. Os pobres sem estudos servem para trabalhar, os que estudam só servirão para emigrar, gastar dinheiro em educação é um desperdício.

Pior do que um pobre é um pobre que nada faz e vive à custa dos ricos, é por isso que o horário de trabalho dos pobres deve ser aumentado, devem ser cortados os feriados, os pobres só são úteis se estiverem a trabalhar.

É uma pena não ser possível adoptar uma solução para os pobres que infestam este país, se de um dia para o outro, vá lá, em dois ou três anos, o país passaria a ser um país rico. Os pobres são um fardo, são caros, uma chatice, uns gandulos e ainda por cima dão cabo das estatísticas.

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Aqui em Castelo de Vide o dinheiro da Câmara vai todo para os senhores das novelas, são os reis desta terra. Já em Marvão, o senhor Vereador José Manuel Pires mete os funcionários a trabalhar para ele, recebem os turistas e depois é tudo encaminhado para o D. Pedro V ou o Mil Homens para almoçar
Viva o luxo!

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

NÃO ME FODAM A TROMBETA SENAO EU FALO MESMO::::::::::::::::::::::::

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Última hora: Hugo Serras acusado de roubo na CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS DE PORTALEGRE e foi afastado para CASTELO DE VIDE! Escumalha do PS no seu melhor...Não metam o vosso dinheiro onde este Filho, porque ele vai volta a roubar. Não entendo como a CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS continua a dar emprego a este funcionário e nós continamos a ser roubados. SIMPLESMENTE VERGONHOSO!Ele já roubou pelo menos 30mil€ e caixa limitou-se a deslocá-lo de agência.

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Este blogue é só ressabiados.

Ressabiado nº1:-O que quis entrar para os Bombeiros não o deixaram entrar,só diz mal dos bombeiros.

Nº2-O que foi multado pelas forças de segurança e então afinfa-lhe nas ditas.

Nº3-O que queria tacho quando o ps estava no Governo e não lho deram.

Nº4-O que quer tacho agora que o psd está no governo e não lho dão.

Nº5-O que nunca fez pela vida e agora ve os da idade dele com trabalho e ele anda a coçar a micose.

Muitos mais há que me esqueço,os de Arronches,Marvão,etc...é só ressabiados,mas há um que já não mete aqui mais posts, é aquele ressabiado a quem a mulher pôs os cornos e então pensava que, Portalegre é só putas como a mulher dele.Esse foi corrido na Nazaré,levou uns pares de bandarilhas,foi pegado pelos forcados de Portalegre,e agora é come-lo em bifes em qualquer restaurante perto de si.

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

epah...já tinhas dito isso!!

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Aqui em Castelo de Vide o dinheiro da Câmara vai todo para os senhores das novelas, são os reis desta terra. Já em Marvão, o senhor Vereador José Manuel Pires mete os funcionários a trabalhar para ele, recebem os turistas e depois é tudo encaminhado para o D. Pedro V ou o Mil Homens para almoçar
Viva o luxo!

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Aqui em Castelo de Vide o dinheiro da Câmara vai todo para os senhores das novelas, são os reis desta terra. Já em Marvão, o senhor Vereador José Manuel Pires mete os funcionários a trabalhar para ele, recebem os turistas e depois é tudo encaminhado para o D. Pedro V ou o Mil Homens para almoçar
Viva o luxo!

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

este tambem tem o disco riscado...tá só repetir...

sábado, 18 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Comentava-se ontem no Bar dos Caga tacos:Parece que a Carla (Bolinha ) dos Bombeiros, está em Lua de Mel!!!
Ela vem trazê-lo ao serviço no Hospital no seu carro com a matricula ..-..-ZD. Outras vezes vai ele levá-la ao Serviço nos Bombeiros. Mas o melhor comentário desta situação, é que ele pensa ser o unico.AH!AH!.
Estão muito bem um para o outro.

domingo, 19 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

essa gaja bolinha que era uma valente texuga devia era ter vergonha na cara!!

segunda-feira, 20 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Então o grande braço de trabalho, sindicalista, ladrão Diogo Júlio já apresentou a demissão da Fundação Robinson?

segunda-feira, 20 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Aqui em Castelo de Vide o dinheiro da Câmara vai todo para os senhores das novelas, são os reis desta terra. Já em Marvão, o senhor Vereador José Manuel Pires mete os funcionários a trabalhar para ele, recebem os turistas e depois é tudo encaminhado para o D. Pedro V ou o Mil Homens para almoçar
Viva o luxo!

segunda-feira, 20 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Vamos mas é falar de Arronches ,então não há novidades ? E na Santa casa tambem não ? O Hernani gosta da susana Lopes de Arronches eu já sei há muito tempo, ela é uma exelente rapariga muito trabalhadora , simpática e bonita , dizem que lá na Camara onde ela trabalha todos gostam muito do trabalho dela .Hernani faz te a vida e convida a rapariga beber um café..................A Cristina jà esta com o BY , A Paula esta grávida etc....................

segunda-feira, 20 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Heh lá mais um pretendente para a menina Susana sortuda , Tu com cantos e eu sem nenhum

segunda-feira, 20 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Não admira a rapariga cada vez esta melhor

segunda-feira, 20 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Mas não é só o hernani na Camara tambem há um grande apaixonado dela sabem quem é? ela nem sequer imagina quem é

segunda-feira, 20 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Em defesa da tauromaquia - Armando Varela - Presidente de Sousel


Caros amigos,



Os animais tem de ser respeitados mas a nossa cultura deve ser preservada.



A tauromaquia não é ou se resume à morte. Existem muitas facetas da arte do toiro e muitas delas a morte não faz parte do cardápio.



Eis a opinião do (também) presidente da Comunidade Intermunicipal do Norte Alentejano (CIMAA) - Armando Varela, ainda que fale em nome da câmara de Sousel, sobre o assunto a propósito da polémica em Viana do Castelo.

segunda-feira, 20 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Anónimo disse...

Os pobres são uma chatice estatística para o país, são eles que estragam tudo nos indicadores da criminalidade, da pobreza, do abandono escolar, etc.. Com menos pobres havia mais impostos para subsidiar os ricos que precisam de dinheiro para investir, para capitalizar os coitados dos bancos, o Estado gastaria menos dinheiro em saúde, ensino e despesas sociais. Os pobres são mesmo uma chatice para o país.

Quando são pequeninos e é o Estado que tem dos aturar as suas creches podem muito bem caber dois em cada cama. É um desperdício gastar o dinheiro do Estado em creches para pobres, se numa cama cabem dois bebés de pobres porque há-de servir apenas para um?

Quando são velhos e voltam a depender do Estado os pobres podem muito bem ser metidos dois em cada quarto, um em cada quarto é um desperdício de dinheirinho que dá tanto jeito para pagar os almoços dos governantes e assessores em ministério como os das Finanças.Os pobres estão mais habituados a suportar dificuldades, na casa de um pobre onde comem dois comem cinco, é por isso que é mais justo que a austeridade incida mais sobre quem está melhor preparado para sofrer.

Os pobres são uns malandros, ao contrário dos ricos portugueses que adoram trabalhar os nossos pobres são uns mandriões oportunistas, se estiverem desempregados e com subsídio de desemprego não lhes passa pela cabeça procurar emprego, se recebem o rendimento mínimo pensam logo que são ricos e vieram a este mundo para viverem nos rendimentos. É por isso que o corte nos apoios sociais é um estímulo para que os pobres inúteis passem a ser pobres úteis.

Os pobres ou são burros ou se casualmente nascerem inteligentes isso é uma partida da natureza, a inteligência é inútil num pobre, por isso as turmas do ensino secundário destinadas aos pobres devem ter o maior número de alunos que conseguir meter numa sala, uma espécie de concurso do Morris Mini. Já no ensino privado é aconselhável atribuir subsídios exigindo-se um número mínimo de alunos por turma. Os pobres sem estudos servem para trabalhar, os que estudam só servirão para emigrar, gastar dinheiro em educação é um desperdício.

Pior do que um pobre é um pobre que nada faz e vive à custa dos ricos, é por isso que o horário de trabalho dos pobres deve ser aumentado, devem ser cortados os feriados, os pobres só são úteis se estiverem a trabalhar.

É uma pena não ser possível adoptar uma solução para os pobres que infestam este país, se de um dia para o outro, vá lá, em dois ou três anos, o país passaria a ser um país rico. Os pobres são um fardo, são caros, uma chatice, uns gandulos e ainda por cima dão cabo das estatísticas.

terça-feira, 21 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

CABRÕES!

terça-feira, 21 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Odeio a pobreza!!!!!!

terça-feira, 21 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Filipe Mouzinho Serrote irá apresentar nova candidatura à Concelhia do PSD de Portalegre!

Caras companheiras e caros companheiros

Minhas Senhoras e meus senhores



Em tempos de grande incerteza e instabilidade social, os partidos surgem como importante factor indutor de confiança, estabilidade e esperança. Todos sabemos que os tempos são difíceis, mas para ultrapassarmos os obstáculos que se nos deparam, precisaremos de coragem, conduta cívica, determinação, competência e sentido de estado.



O PPD/PSD tem um projecto de mudança para o país com o qual concordamos e acreditamos, assente na verdade, na ética política e na consciência de que se deverão tomar algumas medidas com o objectivo de reposicionar Portugal na prosperidade, no desenvolvimento económico e no crescimento. É esta a nossa convicção. É nestes pressupostos que acreditamos e pelos quais lutaremos, junto do PPD/PSD.



Mas para que Portugal retome o caminho certo e de forma sustentada, os responsáveis pelos destinos do nosso país deverão olhar também para Portalegre. O nosso concelho tem registado elevados índices de desertificação ao longo dos anos, com fábricas a fechar, o comércio em grandes dificuldades e o desemprego a aumentar.



Para ultrapassarmos estes problemas conjunturais e estruturais, necessitamos de TODOS. Teremos que nos unir em torno de objectivos concretos, de projectos estruturantes, de um novo Rumo para Portalegre.



Portalegre necessita de união, de partilha, de reflexão, mas principalmente de um projecto que mobilize todos e cada um de nós, devolvendo-nos a esperança de termos uma cidade melhor, um concelho mais desenvolvido, onde a ruralidade e o urbanismo convivam como um todo, onde turismo, agricultura, ambiente, energias renováveis e sustentabilidade, história, cultura, entre outros, são partes deste conjunto que precisa de pontos de sinergia de forma a termos uma capital de distrito impulsionadora de toda a dinâmica do Alto Alentejo.



Com o objectivo de contribuir para todo este projecto de desenvolvimento sustentado do concelho de Portalegre, proponho-me liderar algumas iniciativas de reflexão, análise e diagnóstico, bem como a elaboração de algumas propostas para, em conjunto com todas as forças vivas do concelho e toda a sociedade civil, podermos construir um Portalegre MELHOR!



Após dois anos de análise e reflexão e bastante incentivo para continuar a dar o meu contributo, apresento a minha disponibilidade para liderar o PPD/PSD Portalegre nos próximos 2 anos, e assim poder apresentar um outro caminho, um outro rumo!



Conto com todos os militantes para, em conjunto, continuarmos a dinamizar um projecto que se pretende unificador, renovador e de esperança para todos os Portalegrenses. Um novo Rumo para Portalegre!



Podem contar comigo!

Filipe João Lopes Mouzinho Serrote

terça-feira, 21 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Caro Sr Filipe Serrote;
Leitores do Blog;
Meus Senhores e minhas Senhoras

Gosto do estilo coloquial e eloquente do manifesto apresentado acima.
Compartilho o senso comum de que é nos tempos de crise que se aguça o engenho e a criatividade... só que não encontro nenhum destes predicados no seu manifesto e acima de tudo, perdoe a ousadia, não passa dum chorrilho de lugares comuns... Após "dois anos de análise e reflexão"... propõe-se " liderar algumas iniciativas de reflexão, análise e diagnóstico, bem como a elaboração de algumas propostas" ????!!!!! Será que não deveria ser simplesmente "ELABORAR PROPOSTAS"? Será que ao longo dos dois anos que referiu, fruto da análise e reflexão, não consegue material para a elaboração das propostas...
Pelos vistos, 2 anos para decidir apresentar-se a liderar diagnósticos... quando surgem as Propostas?

Um amigo de Portalegre

terça-feira, 21 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

mas essa sinistra figura não é o lipinho? não foi esse cabrãozeco k um dia escavacou uma fechadura do pavilhão gimnodesportivo para ir jogar ténis?
é preciso ter lata para vir aqui defender a sua dama.

quarta-feira, 22 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Meu(s) Caro(s) Serrote(s) (neto, pai e avô que já morreu e ainda bem)

Dos três não se aproveita nenhum!

Esta cidade nada vos tem a agradecer!

Por onde passam só se servem a vocês próprios, já para não falar no mal que fazem aos funcionários que trabalham nas instituições que tem dirigido!

Com o contrato de trabalho na CMP a acabar o Filipinho tudo tenta!

Mal vai a volta se os militantes do PSD de Portalegre votarem num desempregado que só quer tacho para ele e para meter o pai a força na CMP (só assim entra para o quadro) e manter a mulher na CIMAA etc etc...

Para não falar no passado vergonhoso, basta ver o que se passa actualmente na Misericórdia de Portalegre... o descontentamento é geral, levou à demissão de pessoas da mesa outras estão na calha e os funcionários estão num estado que já não aguentam mais as afrontas, arrogância e prepotência dos SERROTES.

Tenham vergonha!

Primeiro trabalhem depois tentem servir a população!

quarta-feira, 22 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Este serrote não passa de um oportunista.... Assim como muitos que andam metidos no PSD de Portalegre.
Pensem nas figuras do PSD de Portalegre... Passaram a vida de tacho em tacho e nunca fizeram nada na vida.... Esta na hora de irem embora.... Vocês descredibilizaram por completo o PSD em Portalegre!

quarta-feira, 22 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

TEMOS MOENGA!!!!

ESTOU PARA VER:

DA ESQUERDA PARA A DIREITA QUEM VAI GOVERNAR O QUE NÂO TEM GOVERNO!!!

VENHA O DIABO E ESCOLHA!!!

AMIGOS ESTAMOS ENTREGUES AOS BICHOS!!!

PORTALEGRE SE NÂO REGREDIR; VAI FICAR PARADO MAIS UNS ANOS; ESQUEÇAM PROMESSAS, MILAGRES NINGUEM FAZ!

ESTAMOS A UM ANO DAS ELEIÇÔES; OS HEROIS COMEÇAM A CHEGAR; PS;PSD;CDU TUDO A MESMA MMMMM!!!

quarta-feira, 22 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Já sabem que é a senhora de Portalegre que se anda a meter debaixo do Filipinho de Jesus para resolver a sua viducha?

quarta-feira, 22 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Não acredito no que se diz que a tiit éfufa.POR AMOR DE DEUS"""""

quarta-feira, 22 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

dmicrOlha o serrote a querer vingança .... bem te fizeram a folha na Câmara .... foi o Mata e teu grande amiguinho Lacão.... Agora nem te ligam... o que é a politica ..... Espero que arranjes uma lista do PSD COM CABEÇA TRONCO E MEMBROS .... bem precisa PORTALEGRE....

quarta-feira, 22 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Afinal o Mata Cáceres continua à frente da Câmara!

A afilhada CLÁUDIA AZEDO já recebeu mais 14.000 euros o mês passado para fazer um trabalho de meia dúzia de páginas mas que afinal até foi feito lá dentro...

Já se prepara para receber mais uma prestação de serviço de valor idêntico nos próximos dias...

Isto tudo só é possível porque a DONA ADELAIDE dá cobro a isto tudo e assina os cheques...

Pena é que para engordar os bolsos da afilhada do Mata os funcionarios tenham que vir com o rolo de papel higiénico de casa porque supostamente há verba...

DONA ADELAIDE só há dinheiro para a afilhada????

No mínimo é surreal....

quinta-feira, 23 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Amiguito, é o que "temos"!

Vamos ver se o que ai vem não é mais do mesmo!

Estes já sabemos o que "valem"!

Gente nova, responsável, com ideias, e sem este tipo de "compromissos", precisa-se!

Vamos ver como acaba a novela da fundação e sua rapaziada!

quinta-feira, 23 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Combate do ano Serrotinho contra o Polaininhas!! Tudo ao mesmo nível! Desporto é com eles! Fazer nenhum também!!!

sexta-feira, 24 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

quer dizer: vamos assitir a uma luta entre um arrombador de portas e um dj dalto gabarito.
dois cabrõezecos que confundem os colhões com os rins...

domingo, 26 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Titia Falcão anda a brincar com o fogo ANDA ANDA... AI o CARECA

domingo, 26 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Caros amigos portalegrenses ninguem se anda a meter de baixo do João Filipe de Jesus. Desde o Liceu toda a gente sabe que o gajo é um granda panascas. Ele gosta sim que se metam em cima dele. O gajo é uma grande bicha vaidosa.

domingo, 26 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

oh pa a titi ja nao vai pró porto nao tem quem a leve de carro e o careca tem medo de aparecer a portalegre pk o marido dela quer dar-lhe nas fuças

terça-feira, 28 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

era bem feito que o marido arrumasse cinco punhadas naqueles fucinhos. no do careca e no do marido. mas o gajo é tão corno que nem se importa.

terça-feira, 28 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

MAS AINDA ANDAM A FALAR DESSA PEDANTE DA TITIA FALCÃO? MANIENTA

terça-feira, 28 agosto, 2012  
Anonymous AL disse...

Declaração do Cristovão (PSD) sobre o aumento dos salários dos politicos:
O papel da comunicação social é fundamental, no escrutinio, no alerta e na denùncia de práticas condenáveis, mas tem de se pautar pelo rigor.
É lógico que se formos olhar para o recibo de vencimento ( mês a mês ), não só dos políticos mas de todos os que não vão receber os 2 subsídios, o valor líquido do vencimento pode ser superior. Pura e simplesmente porque lhe baixou a taxa de retenção do IRS.
Se no final do ano vou receber menos é normal que pague menos imposto, este mecanismo ajustou as taxas para baixo.
No meu caso em concreto a taxa de retenção baixou 0,05%, logo é normal que o valor liquido seja ligeiramente superior.
Concordo que os eventuais esclarecimentos oficiais também ajudaram pouco ou não foram compreendidos. In facebook

terça-feira, 28 agosto, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

coitadinho do srº deputedo são só mais 1000 euros.
os ricos de merda dos pensionistas é que tem de viver com menos de 320 euros.
ó crespo vai para o caralho!

quarta-feira, 29 agosto, 2012  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter