quarta-feira, 21 de setembro de 2011

NOUTROS LUGARES

Não é que ser possível ser feliz acabe,
quando se aprende a sê-lo com bem pouco.
Ou que não mais saibamos repetir o gesto
que mais prazer nos dá, ou que daria
a outrem um prazer irresistível.
Não:
o tempo nos afina e nos apura:
faríamos o gesto com infinda ciência.
Não é que passem as pessoas, quando
o nosso pouco é feito da passagem delas.
Nem é também que ao jovem seja dado
o que a mais velhos se recusa. Não.

É que os lugares acabam. Ou ainda antes
de serem destruídos, as pessoas somem,
e não mais voltam onde parecia
que elas ou outras voltariam sempre
por toda a eternidade. Mas não voltam,
desviadas por razões ou por razão nenhuma.

É que as maneiras, modos, circunstâncias
mudam. Desertas ficam praias que brilhavam
não de água ou sol mas solta juventude.
As ruas rasgam casas onde leitos
já frios e lavados não rangiam mais.
E portas encostadas só se abrem sobre
a treva que nenhuma sombra aquece.

O modo como tínhamos ou víamos,
em que com tempo o gesto sempre o mesmo
faríamos com ciência refinada e sábia
(o mesmo gesto que seria útil,
se o modo e a circunstância persistissem),
tornou-se sem sentido e sem lugar.

Os outros passam, tocam-se, separam-se,
exactamente como dantes. Mas
aonde e como? Aonde e como? Quando?
Em que praias, que ruas, casas, e quais leitos,
a que horas do dia ou da noite, não sei.
Apenas sei que as circunstâncias mudam
e que os lugares acabam. E que a gente
não volta ou não repete, e sem razão, o que
só por acaso era a razão dos outros.

Se do que vi ou tive uma saudade sinto,
feita de raiva e do vazio gélido,
não é saudade, não. Mas muito apenas
o horror de não saber como se sabe agora
o mesmo que aprendi. E a solidão
de tudo ser igual doutra maneira.
E o medo de que a vida seja isto:
um hábito quebrado que se não reata,
senão noutros lugares que não conheço.

Jorge de Sena
Poesia III

Etiquetas: ,

65 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Confesso que nada tenho a ver com o assunto em causa mas por uma questão de curiosidade gostaria de conhecer a resposta a uma pergunta posta neste blog por um anónimo e relativa ao jantar oferecido ao nosso ex-Presidente da Camara:

Quem pagou as encavadelas depois do lauto repasto?

quinta-feira, 22 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Ó Plainas, na sejas assim

quinta-feira, 22 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

a encavadela depois do jantar foi de borla,a tua mulher também quis prestar homenagem ao Caçeres

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Pois foi, é verdade, a tua mulher deu uma borla para 15 machos diferentes.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

É a coisa mais barbara é este jantar ao Mata Caceres. Acho que as pessoas estão todas esparvoadas e cegas. Igual a isto só a excursão a Fátima que fizeram em Arronches quando a Fremelinda ganhou as eleições ao Gil. Estas barbaridades levaram o pais ao que temos.Pobre,mesquinho, pequenino e desonesto. Viva ao Alberto joão Jardim viva

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

É é os fatos de 5.000 Euros que o Sócrates usava eram para a passagem de modelos. outra barbaridade.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

5 mil euros sao trocos , para o socrates.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

epá também gostava de saber quanto custou a encavadelas .

segundo sei os preços praticados na cidade, uma encavadela com as meninas andam à volta dos 20 euros ali pró lados do mercado , o nosso zé gosta de coisas mais finas e melhores com custos acima dos 100.

que acham.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Os Beloteiros vão fechar ao fim do mês.A Fermelinda Carvalho ainda nem uma palavra nos deu . Mais uma fabrica fechada em Arronches. E agora Fremelinda? O que dou de comer aos meus filhos?

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

dá-lhe merda.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

merda dá tu aos teus grande vaca.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Quem pagou foi a amante do filho do Martinho(ventoinha) a querida Bibi!!e pagoucom o corpinho!!ahh valente q aguentas com eles todos!!!

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

que cambada de filhos da puta que aqui escrevem!!Não tem o minimo de educação...TENHO VERGONHA DE SER DE PORTALEGRE!!!!!!E SIM; SO AINDA CÁ ANDO PORQUE ACREDITO NESTA CIDADE E NÃO NOS PORCOS DOS PORTALEGRENSES!!!!!CARAS DE CARALHO!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

eu só tenho vergonha de duas coisas:

1 - de ser do benfica

2 - não ter estado no tal jantar para - mesmo de barriga cheia e correr sérios riscos de enfarte - enfiar uma bela de uma encavadela na ucraniana de 90 quilos que trabalha no NINHO.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Qualquer dia até as cuecas da presidente de Arronches são penduradas no mastro da bandeira.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

E porque não as das tua mulher a ver se assim te inspiras te entesas mais e dás mais qualquer coisinha pra caixa !

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Segundo informações fidedignas cada um pagou o jantar do seu bolso.
25 euros por pessoa com direito a café e cálice de Macieira.
Quanto às encavadelas: 35 euros per capita com direito a uma garrafa de espumante.

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

enganaste, 18 euros por pessoa, com direito a café, bolo, e lembrança

sexta-feira, 23 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Eu tamem tenho vergonha de ser do Benfica !

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

No jantar do Caçeres quem preferiu usar dois travestis vindos da terra do Alberto João teve direito aos preservativos gratis e a pagar só 7,50 euros.

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous O Zé Encavas disse...

Desconfio que neste blog andam-se a encavar uns aos outros.

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

nao tenhas duvidas, ZÈ encavas.

ou tambem es encavado ?

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Sou português, e nâo renego as minhas origems, pese que foram os espanhois que me mataram a fome quando aos desasseis anos os caciques do meu pais (GNR) ou GF, me andaram aos tiros so porque queria passar a fronteira à procura de trabalho e de comer, hoje CONSTACTO , que continuamos na mesma, os mesmos burros, os mesmos caciques, e os mesmos vendidos, vou construir uma casa na minha aldeia (o unico sitio onde nâo sou emigrante), sera o meu ponto de referência, mas tenham paciêcia, é so isso, o resto, estou-me C...... eu nâo vendo a minha cultura, pelo contrario defendo-a no Pais onde estou porque conhêço a nossa historia, contrariamente aos milhares de engenheiros e doutores que poluem a atmosfera, (eu provo sempre o que digo) ja estou cansado de tanta arrogância, vou certamente mudar a minha pagina de acceso à internet para nâo carregar mais com a frase, "este artigo foi escrito ao abrigo do acordo ortografico" que podem meter no Rego do ........

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

As cuecas penduradas no pau da bandeira da freguesia de Esperança são da `DÒrinha` asseçora da presi d'a Aronches.

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Parece que a última reunião no Hospital de Portalegre com os Enfermeiros Chefes foi mais uma tourada.
Zézito não dás conta do recado. Dá de frosques quanto antes

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

As cuecas penduradas no pau da bandeira são mas é da tua avó.
A senhora com o azeimer passou-se e julga que está numa praia de nudismo.
E como é como aqueles bois com cegueira crónica só vê a realidade desfocada e é fanática pelo cor de rosa.

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

mas parece que não era o zezito que estava na reunião

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Foi uma tipa de elvas. Não sei quem é mas a gaja deve ter ficado bem impressionada deve...

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Chama-se Salomé. è uma tipa assim com uma ganda padaria

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

até tou admirada com os chefes do hospital.
Até que enfim que falaram

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

porque é que o zé ceia não se vai embora e caga nesses mal agradecidos todos? tem sido o melhor director de todos os tempos e arredores.

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

arredores e mundo inteiro

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

o zé ceia?
por favor: não me fecundem!
esse gajo além de bebedo, prepotente, malcriado é sobretudo incompetente!
ou não?

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous O Zé Encavas disse...

Eu só não sou encavado porque quando o coelho diz «fechar a roda» já eu estou fora da fila (ou bicha?) a beber descansadamente um bagaço na esplanada do Santos!

Foscas...

sábado, 24 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Parece que a tipa de elvas queria impor no hospital um esquema de contagem dos dias de férias em que havia casos que se trabalhava mais no final do horário do que não ter férias.

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

porra...como é que é isso?

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

e o zézito deixa?

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

sabe lá o gajo o que anda a fazer

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Epá a inteligência foi toda para os autores destes comentarios...eu até fico admirado como é que Portalegre está neste estado com gente tão inteligente....que nem sabem as alterações ao codigo de trabalho...enfim é o povo que temos.

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Não me espanta a inteligência destes comentários vindos de quem vêem.... a classe mais produtiva desta cidade...ou seja, enfermeiragem, que nada mais sabe fazer que falar mal deste e daquele e andar a armar-se em grandes senhores por esta vilória! Um fartote de rir ouvi-los falar...mal conseguem articular uma frase com princípio meio e fim e para desenvolver um raciocínio é vê-los a suar. Agora aparece alguém que os quer fazer trabalhar e é vê-los a mandar bocas.

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

isto é o espelho que mostra de verdade porque é que a terra é uma merda.

como gezte assim como é que podia ser melhor?

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous O Olho de Lince disse...

Façam fogo sobre essa maldosa alcateia de enfermeiros que não dizem duas para a caixa mas por favor... não digam mal das enfermeiras!! São os melhores cuzes que deambulam pelas ruas de Portalegre!

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Cuzes canhoto é cá cada rabo de enfermagem. Ateé se perde a saúde para chupar um desses cuzes.

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Tenho uma enfermeira que é campeã na posição do missionário; reza todos os dias comigo !

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

epa enfermeiras com cuzones .
tambem quero .

onde as posso encontrar ?

domingo, 25 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

era uma a canzana pelo cuzone

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

É cá com cada cú.

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Vejamm a qualidade dos comentarios deste povo de Portalegre.
Ainda dizem que o D João III éra mau. Ainda foram poucas as que levaram...só se perde as que caiem no chão.

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Um bom cu de uma boa enfermeira não cura um doente: ressuscita um morto!

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Olá.
Não sou de cá e preciso de uma opinião:
Qual a melhor casa para por pneus?

A.Barriguinha ou J. Serras?

Obrigado

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O Borges é que anda a comer um pneu mamalhudo que anda por fora agora

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O teu pai disse a mesma coisa em relação ao cu da tua mãe, só que ela deu um peido.... e nasceste tu.... vinhas um bocado mal cheiroso mas eras tu

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Quando a enfermeira te tirou da cona da tua mãe notou logo o cheiro...Ainda hoje se nota quando abres a boca...o cheiro do peido...mas eras tu de facto

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

E mais tarde quando levaste a vacina...dada por outra enfermeira lá estava o tal cheiro na tua boca...do tal peido mal cheiroso do qual nasceste.

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Gostava de vos ver o rosto para o poder esmurrar até aprenderem a ser gente gambada de mediucres.

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Anda aqui um enfermeiro/a chateado por se ter dito a verdade. Não me refiro aos "cuzes".
E anda tão mal disposto que só lhe dá para "peidar" .

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

esse cabrão de enfermeireco anda a precisar que lhe enfiem 20 supositórios de arame farpado pelos canos do cu acima.

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

como queres esmurrar alguem ,se nem escrever sabes .

deves logo meter o rabo entre as pernas , correcto..

segunda-feira, 26 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

porra... anda por aí um gajo a encher pneus e ninguém lhe dá ouvidos.

A.Barriguinha ou J. Serras?

aproveita os pneus dos enfermeiros q não fazem nenhum e comem como porcos à nossa custa!

terça-feira, 27 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

porra... anda por aí um gajo a encher pneus e ninguém lhe dá ouvidos.

A.Barriguinha ou J. Serras?

aproveita os pneus dos enfermeiros q não fazem nenhum e comem como porcos à nossa custa!

terça-feira, 27 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Realmente és um caso interessante para psiquiatria, no teu caso....uma lobotomia não era mal aplicada

terça-feira, 27 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

vã-se a levar nas nalgas

terça-feira, 27 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

gostas de levar nos cuzones ?

terça-feira, 27 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Uma nalgotomia te aplica eu, ó meu cabrão. Sem anestesia!

quarta-feira, 28 setembro, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O problema da nulidade deste blog...não é de quem diz disparates e se retrata como um perdido na selva ...O problema está em quem lhes dá resposta....outros perdidos no mundo...Nasceram...mas são uns ignorantes nada vieram fazer a este mundo ....mas o diagnóstico de quem lhes responde é ainda mais grave...todos juntos são o retrato dos ZÉS NINGUÉM desta cidade...
E não façam misturas porque há muito boa gente e nesta terra...
O que me admira é o admnistrador do blog ...consentir nesta palhaçada...Que gente frustada...que mentes doentias...meu Deus...Peguem num livrinho e eduquem-se ...mas claro sabem lá eles o que é um livro...sabem lá eles o que é viver...o que é sentir o que é ser amigo do amigo....nas suas mentes ( terão mentes sãs?) há uma enormeeeeeeeeeeeeeeee inversão de valores....( não esqueçam o livrinho...ok)uma sugestão...." A insustentÁvel leveza do ser" DE Milan Kundera...."

domingo, 09 outubro, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter