sexta-feira, 12 de agosto de 2011

BRIGA

Brigar é simples.
Chame-se covarde ao contendor.
Ele olhe nos olhos e:
— Repete.
Repita-se: — Covarde.
Então ele recite, resoluto:
— Puta que pariu.
— A sua, fio da puta.

Cessem as palavras. Bofetão.
Articulem-se os dois no braço a braço.
Soco de lá soco de cá
pontapé calço rasteira
unha, dente, sérios, aplicados
na honra de lutar:
um corpo só de dois que se embolaram.

Dure o tempo que durar
a resistência de um.
Não desdoura apanhar, mas que se cumpra
a lei da briga, simples.


Carlos Drummond de Andrade
Boitempo

Etiquetas: ,

3 Comentários:

Anonymous Olho Nu disse...

mas não eram estes gajos que se propunham diminuir na despesa e não aumentar impostos?

volta sócrates! estás perdoado!

sexta-feira, 12 agosto, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

ohhh olho nu, claramente não passas de mais um BURRO Portalegrense....Volta socrates????Sabes pq é que estes aumentos tiveram de ser feitos meu burnal???

Cala essa boca porca e burra!!Socialista de merda vão morrer todos no inferno

sexta-feira, 12 agosto, 2011  
Anonymous Anarca disse...

A merda é a mesma as moscas é que mudaram!

sexta-feira, 12 agosto, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter