quarta-feira, 26 de agosto de 2009

EDIÇÃO DE AMANHÃ DO ALTO ALENTEJO


Clique na imagem
para ampliar

Etiquetas: , , ,

50 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Ola boa noite a todos...

É muito bom termos este blog, liso...ninguém ta preocopado em mandar papos a ninguém...ehehehe

Bem, então já falei de mais...

Vamos começar...o Isac, o Vilela, o Mata Caceres...

Va la comente...kiss´s

quarta-feira, 26 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Sabotagem...
'em termos prácticos e duros'.
Foi o que se chama 'Arrear o calhau'.Diga-se de passagem que o sabotador teve uma ideia de merda.

Angelo

quarta-feira, 26 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

quem é o gajo que anda de diarreia nos últimos dias?! isso é um sintoma de gripe A! mas cá pa mim é o gajo que fugiu do castelo! o homem deve andar borrado de medo e então passa pelas piscinas durante a noite para se lavar...

quarta-feira, 26 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Eu só faço um pequeno comentário, se estão a servir-se deste tipo de "sabotagem" para conquistar a CMP, então a sociedade está perdida...........PODRE!!!!!

quarta-feira, 26 agosto, 2009  
Anonymous Suposições disse...

Manuel Isaac;

Tive dúvidas, muitas dúvidas, quando comecei a ver referências ao teu nome neste blog. Não acreditava, e continuo a acreditar, que não és, nem o administrador do blog, nem um dos comentadores do mesmo, nomeadamente no que à questão dos ciganos diz respeito.
Continuando com as convicções que te afirmei no início, não posso deixar de notar muitas, demasiadas, coincidências. Já muitas vezes te ouvi gritar, sim, que tu por estratégia ou malvadez, fazes de tudo para que todos ouçam o que tens para dizer. Demasiadas vezes esqueces a ética e a deontologia profissional e tornas-te grosseiro, inconveniente. Digo-te, com amizade, que estranho o facto de ainda não teres levado umas orelhadas. Mas dizia eu, já passadas meia dúzia de linhas, que estranho as coincidências entre as posições que defendes em público/privado e aquilo que aparece escrito no blog Pode ser apenas uma irritante coincidência, mas, para mentes mais "congeminadoras", das duas uma ... ou ambas: ou és de facto o administrador do blog ou, à falta de melhor, consultas o blog para formares opinião. Na espernça de que nem uma, nem outra, seja verdadeira, não quero que o momento passe sem te deixar um conselho: resiste à tentação de cometeres um, ou outro, dos pecados, seria um péssimo trabalho que estarias a prestar à tua consciência (vês como sou amigo)profissional e, por essa via ao jornalismo local.

Cumprimentos

Um amigo que não te perde de vista.

quarta-feira, 26 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Uns vão conspurcar as piscinas outros vêm para aqui conspurcar o blog.
Porquê? - Falta de objectivos na vida. Haverá mais razões?
Numa sociedade em que uns andam a lixar os outros nada de bom se pode esperar.
Temos que mudar a sociedade em que vivemos.
Avilez

quarta-feira, 26 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

e quem foi o cagão?

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Cagões é o que não falta na nossa terrinha.
Existem alguns que de tanto cagar, se torna justo perguntar:" como é possível terem comido tanto?"

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Os cagões e comilões só diferem na cor do babete, ora laranjinha ora rosinha....
Que bom seria uma revolução! Uma verdadeira revolução!

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Eu acho que devíamos construir já uma guilhotina no rossio, como nos bons velhos tempos.
E não devia ser só em Portalegre...

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Terminado o prazo de entrega de candidaturas às próximas Eleições Legislativas, o PNR informa que apresentou listas nos seguintes círculos (seguidos do respectivo Cabeça-de-Lista):

- Aveiro - Maria Marques;

- Beja - Simão Varandas;

- Braga - Pedro Frade;

- Bragança - Carlos Marques;

- Castelo Branco - João Vaz;

- Coimbra - Vítor Ramalho;

- Évora - João Coutinho;

- Faro - Rui Roque;

- Leiria - João Amaral;

- Lisboa - Pinto Coelho;

- Portalegre - Caetano Ferreira;

- Porto - Alberto Lima;

- Santarém - Humberto Oliveira;

- Setúbal - Duarte Branquinho;

- Viana do Castelo - André Leite;

- Viseu - Teresa Póvoas;

- Madeira - Vasco Leitão;

- Fora da Europa - Luís Fernandes.

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Com tanta carência em Arronches gasta-se 1 milhão no estádio!
O Hotel está às moscas e o Lar...

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Quem é que vai ser distinguido no próximo dia 8 em Marvão?

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous ARREBENTA disse...

Estamos a um mês do dia em que o Socratismo vai sofrer aquilo que nem os Castelhanos apanharam em Aljubarrota. É natural: o país nacional, o país sensível, o país plácido, o país com princípios, o país vulgar, eu, nós, você, leitor, vai-se finalmente vingar de uma das mais pavorosas associações mafiosas que já esteve à frente dos nossos destinos.
Sim, é verdade que continuamos na Cauda da Europa, mas, antes, tínhamos um pouco que comer, um pouco de brio nacional, não tínhamos medo de falar, nem olhávamos para o lado, de cada vez que queríamos manifestar o nosso descontentamento, e, sobretudo, não sentíamos que o estado de impunidade das coisas judiciáveis se tinha tornado numa regra, não em lapsos pontuais e corrigíveis.
Quando este governo desaparecer, vão sobrar poucas coisas: algumas anedotas mordazes, uma generalizada sensação de impotência, o sentido de que governar acima da lei, afinal, é possível, apesar da Democracia e dos espaços internacionais em que nos inserimos, e, sobretudo, ficarão algumas figuras carismáticas, no sentido mais profundo da negatividade humana, como só Shakespeare ou Dostoievsky poderiam ter engendrado.
Num esforço de memória, poderia pensar na epígrafe deste desastre nacional.
É evidente que o figurino encaixa perfeitamente em Sócrates, o provinciano dos fatos que lhe assentavam todos mal, suponho que por causa da batata de nariz transmontana, diplomado à força e sem qualquer vergonha na cara. Acima de todos, todavia, não creio ser exagerado imaginar que Maria de Lurdes Rodrigues, a "Anarquista", poderia perfeitamente servir de sudário para o horror que foi este período político.
Lurdes Rodrigues não conheceu o pai, mas conheceu as durezas dos padrastos, os incómodos da Casa Pia, o acordar de manhã cedo, os banhos de água gelada, a austeridade, o horizonte sem luz, enfim, todos os opostos da pedagogia do afecto e e da humanidade, da pasta que ousou tutelar. Essa figura goza de uma curiosa particularidade: irá desaparecer, para sempre, da nossa vista, antes de que o ano de 2009 termine.
Há um alívio, mas também há uma enorme cicatriz. Essa mulher nunca mais poderá voltar ao anonimato da cidadania, porque até eu, geralmente discreto, cordato e enfiado no meu "noli me tangere", serei capaz de atravessar a rua, para me cruzar com ela, e lançar-lhe na cara uma daquelas frases amargas que nunca mais se esquecem até ao resto da vida.
Nunca perdoarei o Socratismo, e haverei de lançar-lhe um anátema até ao final da minha vida de intelectual e artista, e é por isso que coloco à frente desta bastardia o rosto infame dessa mulher.

...

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous ARREBENTA disse...

...
Como todos os monstros, ela aspira à perpetuação: a sua melhor frase é "Mais importante [do] que as pessoas são as políticas". Tem toda a razão: essa foi a operacionalidade e logística de todo o séc. XX, e conduziu a mais milhões de mortos do que todas as guerras anteriores, justificou as câmaras de gás, os "gulags", os tarrafais, os fuzilamentos da Guerra Civil de España, Tianamen, o khemrismo vermelho, as purgas de Pinochet, os assassinatos de Fidel, Saddam, as burkas, os Ayatollahs, as vítimas do não perservativo de João Paulo II e tantos outros momentos maravilhosos do nosso passado recente. Maria de Lurdes Rodrigues foi mais modesta: alimentou a bufaria, através do carismático Hipopótamo da DREN, praticou a legislação retroativa e o sadismo das juntas médicas. Para o fim, e é desse fim que hoje veio falar, quis que as suas ideias, mais importantes do que as pessoas, prevalecessem.
Soou-me -- e aqui vamos entrar no domínio das generalidades, porque o assunto só me interessa por grosso -- que, a meio das férias das pessoas normais, e no tempo das suas permanentes insónias de rancor e passado perdido, que ninguém lhe poderá restituir, tinha cometido mais ums dos seus insólitos atos administrativos, uma tal abertura extraordinária de Concurso para Titulares.
Titular, no sentido corrente do termo, era uma pessoa que detinha um título nobiliárquico, no tempo em que a sociedade se hierarquizava, como tal. Chegada a República, a Titularidade ficou para o mesmo prazer pessoal das pratas da casa e dos ouros de família. Tal não foi o entendimento de Lurdes Rodrigues, cujo horizonte quimérico, de mulher a dias, levava a valores obsoletos, aliás, moderníssimos, como o prova o cadáver debilitado que habita Belém, e cujo sonho seria ter audiências de quinta feira com Sua Excelência o Presidente do Conselho, Dr. Oliveira Salazar. Lá lhe aparece um parecido, só que infinitamente mais estúpido, sem estudos, e profundamente inculto...
...

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous ARREBENTA disse...

...
A singularidade deste concurso, pelo que me chegou, é que tem data de início, mas não finda: é uma coisa talhada para a Eternidade, assim como as Pirâmides do Egito, e será o Ramesseum da desgraçada, e das suas amargas ideias. Esquece-se de que estará politica e socialmente morta, de aqui a um mês, e que NADA ficará da sua memória, exceto um ódio profundo. É estranho que legisle para a Eternidade, mas deixa coisas sólidas, como o Código de Hamurabbi: "40 páginas de um texto qualquer", no qual o frango, com 15 anos de casa, se candidata à categoria de criada de dentro, com direito a avental e crista.
40 páginas deve ser um número cabalístico. É pena não ter tempo para investigar, mas deve andar próxima do célebre MBA que ela deu a um gajo com diploma deficiente, que desde logo a presenteou -- os ressentidos são sempre generosos -- com a Pasta da Educação, daquelas raras pastas que, como a da Cultura, tal todos nós sabemos, podem ser ocupadas por qualquer um.
Suponho que queira terminar o sinistro mandato com o oposto da ideia com que começou: uma "geral" de titulares, para contar cabeças, a ver quantos ainda se ajoelham, perante as últimas "ideias" de uma moribunda política e moral.
(A "geral" dava-lhe eu, e era enviá-la para as celas de alta segurança de Monsanto, onde abriria as pernas e os teria de classificar de "Insuficientes", "Suficientes", "Bons", "Muito Bons" e "Excelentes". Os Insuficientes e Suficientes teriam direito a repetição de prova, e os Bons, os Muito Bons e os Execelentes, idem aspas, aspas, que é para isso que foram criados os especialistas...)
Suponho que os Professores entendam isto como a derradeira humilhação de uma criatura execrável.

...

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous ARREBENTA disse...

...
Como é costume, é melhor começar a ler os meus textos sempre pelo fim. Tudo o que escrevi atrás era redundante e esperado: encaixa perfeitamente nas manifestações de caráter anteriores. Novidade, novidade,é o meu amigo S.N., que esteve clinicamente morto, e a quem tentaram todos os métodos de reanimação, até chegarmos ao ponto daquele cabecear dos médicos, que só quer dizer, "pronto, este acabou...", mas não tinha acabado: como em Dreyer, houve uma silenciosa ressurreição.
As Juntas Médicas, para quem o importante são as ideias da criminosa Lurdes Rodrigues, mandaram-no trabalhar (!), aliás, como todos os desgraçados que por lá passaram, naquela tarde....
É bom saber que, na ausência da Linha 24, ainda continuamos a ter Juntas Médicas milagreiras.
Suponho que seja a discreta e doce mãozinha da Senhora de Fátima.

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

O grupo Jerónimo Martins mostrou-se hoje empenhado em transformar a Serraleite, de Portalegre, na "Lactogal II", fruto de um acordo com a empresa alentejana que visa o reforço da produção, que irá principalmente para os hipermercados do grupo.

"A minha visão para este projecto conjunto passa por acreditar que nasça aqui uma Lactogal II e que nós sejamos o motor deste arranque", sublinhou hoje Pedro Soares dos Santos, administrador do grupo Jerónimo Martins.

O responsável falava no decorrer de uma conferência de imprensa, na Câmara de Portalegre, espaço que serviu de palco para a celebração do protocolo entre as duas empresas.

Durante o encontro com os jornalistas, ficou a garantia de que a empresa Serraleite - Cooperativa Agrícola dos Produtores de Leite de Portalegre, CRL começará em Setembro a reforçar o fornecimento de leite à Jerónimo Martins.

A Serraleite, que produz diariamente cerca de 50 mil litros de leite, terá agora a missão de fornecer mensalmente, após este acordo e numa primeira fase, 300 mil litros de leite àquele grupo económico. A expectativa é que esta produção aumente até atingir um milhão de litros por mês.

"Se a Serraleite tiver amanhã um milhão de litros de leite para nos vender também compramos", garantiu Pedro Soares dos Santos, que frisou ainda que o grupo está a efectuar uma "forte aposta" nos produtores nacionais, nas mais diferentes áreas.

De acordo com o administrador, o grupo, ao celebrar este acordo com a Serraleite, está também "interessado" em comercializar os outros produtos que esta fabrica ou pode vir a fabricar, tais como natas ou manteigas.

O leite produzido pela Serraleite já é comercializado pela Jerónimo Martins mas, com este reforço na produção, a marca vai vincar a sua posição naquelas superfícies comerciais e também reforçar a produção da marca própria do referido grupo.

O grupo Jerónimo Martins possui um consumo anual de leite de cerca de 152 milhões de litros, sendo que cerca de 80 por cento deste total é comprado em Portugal. "Este negócio é muito importante para a Serraleite. Vai dar-nos tranquilidade e os produtores vão ter a certeza de que o seu produto vai ter escoamento", observou José Manuel Pinheiro, presidente da Serraleite.

O responsável explicou ainda que, com este negócio, a empresa "não vai aumentar" o número de trabalhadores. "Vamos aproveitar os cerca de 75 funcionários que estão na empresa, porque o espaço de trabalho deles estava na casa dos 50 por cento e, com este acordo, que lhes traz mais motivação, vão passar a ter um volume de trabalho na casa dos 80 por cento", garantiu.

Para a concretização do acordo, a Serraleite irá ter novas instalações cedidas pela Câmara a preços reduzidos. O terreno, com 37 mil metros quadrados, está situado na zona industrial. Segundo o presidente do município de Portalegre, Mata Cáceres, este projecto é "muito importante e interessante" para a cidade e para a região, pelo que a câmara não poderia estar "alheada" de todo o processo.

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Então de Arronches não dizem nada.
Vá vamos começar a noite da má (verdadeira) língua e dizer as verdades que é para o Gilito e esposa aqui virem espreitar e ficarem sem sono.

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

sim...sim...digam lá!

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

É muito bom este blog sem censura e sem preconceitos.
Parabéns ao seu administrador e aos comentadores sem tabus!

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Então de Arronches não dizem nada.
O desafio é interessante mas agora já temos um blog em Arronches.
Venham visitá-lo:
Arronches-vila-altaneira.blogspot.com
nesse continuamos a aparecer mas só para lembrar ao Sérgio - esse arronchense que é candidato à freguesia de S- Lourenço - que se mantém as razões que ele condena na Gilorândia.

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Já fui ver esse blog e recomendo. Muito bom!

quinta-feira, 27 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Esta Democracia dá para tudo.
Vejam só que vem no Correio da Manha de hoje:

O número de ex-titulares de cargos políticos com pensões mensais vitalícias ascende já a 379 pessoas. E tudo indica que este universo subirá em breve para 385 beneficiários, dado que a Assembleia da República está a organizar os processos de seis antigos eurodeputados. Para já, em 2009, foram dadas reformas para toda a vida a três ex-deputados: Melchior Moreira e Mário Albuquerque, do PSD, e Nelson Baltazar, do PS. As subvenções vitalícias deverão custar este ano, segundo o Orçamento do Estado, 8,35 milhões de euros.

Isto é que é fartar vilanagem.

Azedo

sexta-feira, 28 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

A criação de salas de isolamento é uma das medidas do Plano de Contenção, para responder a um eventual surto de gripe A.

"As salas de isolamento são necessárias e essenciais" e a sua criação "é uma das orientações que está a ser dada às escolas", confirmou Maria de Lurdes Rodrigues, em Ponte de Lima.

A aplicação da medida poderá ser uma tarefa difícil porque falta de espaço em muitos dos estabelecimentos de ensino para a criação de salas de isolamento, apesar dos subsídios que estão a ser distribuídos.

in rtp
A ministra passou-se
salas de isolamento para quê?
o que fazem lá dentro?
quem vai tomar conta dos meninos? um prof com gripe?
e depois avaçiam a febre uns aos outros?
ai Lulu ai Ps os deuses devem tar loucos

sexta-feira, 28 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

El protocolo que Sanidad está ultimando con el Departamento de Educación prevé, como medida extrema, el cierre de aquellas aulas en las que se registren contagios entre sus alumnos y el confinamiento del resto de compañeros en sus domicilios particulares. Francia, que empieza el curso entre el 3 y 4 de septiembre, aplicará una medida similar en sus centros. España debe tomar una decisión consensuada el próximo lunes en el seno del Consejo Interterritorial de Salud.
in El país

tão perto e tão longe
e eles são da mesma cor

sexta-feira, 28 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Parece-me que a caganeira vem da parte de quem "ocupava" lá para os lados do campo de futebol...
Uma espécie de maldição, mas daquelas sem rezas mas com fezes.

sexta-feira, 28 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Têm a Maria de Lurdes atravessada nas goelas. Grande Ministra! Mas já aí anda uma ave oportunista, que os professores devem conhecer bem do Ministério da Educação, a quere deitar tudo abaixo. É por causa destas merdas que Portugal não há-de saír da cepa torta: passam a vida a fazer e a desfazer. Por exemplo, parece que o único Progama de Ferreira Leite é desfazer o que Sócrates fez. Chateiam-me estas merdas que teimosamente arrastam o meu país para o abismo

sexta-feira, 28 agosto, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-










































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-































































































































































































































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-














































































































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-


























































































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-















































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-









































































































































































































































































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-




























































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-




















































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-




































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-






























































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-































































































































































-

terça-feira, 01 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-

















































































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-
















































































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-





























































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-


































































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-




















































































































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-































































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-














































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-
















































































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-























































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-













































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

-

















































































































































-

quarta-feira, 02 setembro, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter