sábado, 20 de junho de 2009

SERÁ QUE O GOVERNO CIVIL, A SEGURANÇA SOCIAL E A CÂMARA DE NISA, ANDAM A DORMIR?


Recolha de Tampinhas

Um gesto simples

pelo sorriso do pequeno

André

André Gravelho tem cinco anos e, infelizmente, não consegue comunicar. Contando com vários apoios, está a ser desenvolvida uma campanha de recolha de tampinhas para adquirir equipamento técnico informático do qual o pequeno André necessita para se exprimir.

Foi com mágoa que Ana Cristina Gonçalves, quando contactada pelo nosso jornal, nos confidenciou que "dificilmente o meu filho virá a falar". Com apenas cinco anos de idade, André Gravelho, natural de Nisa, precisa de equipamento técnico informático para comunicar e, desta forma, transmitir aquilo que quer. Prestes a entrar para a escola, o pequeno André precisa ainda de um "computador especial" para fazer a sua aprendizagem tal como os outros meninos. Revelando que os aparelhos são "bastante caros", Ana Cristina Gonçalves admite que até tem possibilidades para os adquirir, no entanto, "se tivermos uma ajudinha é muito melhor". Nessa medida, a família de André Gravelho, com o apoio de amigos, da Intervenção Preoce de Nisa e da Inijovem – Associação para Iniciativas para a Juventude de Nisa – está a desenvolver uma campanha de recolha de tampinhas e as quais podem ser entregues no Ecomarché de Nisa. Ana Cristina Gonçalves acrescenta que as tampinhas podem ser também entregues na Valnor em nome do André Gravelho. Note-se que para conseguir 350 euros é necessária uma tonelada de tampas. Daí o apelo "precisamos do apoio de todos. Ajude-nos a atingir o nosso objectivo". Satisfeita com os bons resultados que a campanha tem vindo a registar, a mãe do André admite que não esperava "tanta receptividade" por parte das pessoas. "Por acaso temos tido uma adesão muito boa, há muitas pessoas que têm entregue as tampinhas, muitas que são de fora, que não nos conhecem de lado nenhum, ligam e perguntam onde podem deixar o material", conta satisfeita. Perante a onda de solidariedade que a campanha a favor do André Gravelho tem conquistado, a sua mãe deixa um agradecimento a todos os que têm colaborado e manifesta que espera continuar com a sua ajuda. Como forma de acelerar a aquisição do material que o pequeno André necessita, os seus amigos de Nisa, e são muitos, vão realizar um teatro em seu benefício. A peça subirá ao palco do Cine-Teatro de Nisa no dia 26 de Junho, pelas 21 horas. Revelando que o seu filho é uma criança "que se dá muito bem com toda a gente", Ana Cristina Gonçalves adianta que esta iniciativa pretende fazer com que "consigamos comprar o material mais depressa". Para todos os que queiram ajudar o André Gravelho basta juntarem algumas tampinhas e entregarem-nas no ponto de recolha. Esse pequeno gesto irá fazer sorrir e ajudar a vida futura deste jovem nisense.

FONTE NOVA
Catarina Lopes

Etiquetas: , , ,

25 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

"Os aparelhos serem bastante caros", mas a mãe "admite que até tem possibilidades para os adquirir, na entanto se tivermos uma ajudinha é muito melhor" (retirado da notícia do Fonte Nova)

????????????????????????????

sábado, 20 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Será que os pais sinalizaram a situação?
Será que precisam?
Será que pediram ajuda?
Ou será só que há pessoas que querem a judar e isso é bom, mas não significa a inoeperância dos outros?
Pois é, é sempre mais fácil estar a atirar pedras mesmo que não se saiba porquê.

domingo, 21 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

alguém foi à apresentação Capotinho?
há equipa ou é só ele?

viva el' Rei D. Sebastião

segunda-feira, 22 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Faço votos de que tudo corra bem ao jovem André e à sua familia. Quando a estas correntes solidárias em que somos tão pródigos, não posso concordar. Parece-me que já pagamos impostos suficientes para que o Estado fazendo uso deles tome conta desta e de outras situações. Mas o Estado prefere distribuir rendimentos mínimos aos ciganos...Já chega de caridadezinha.

segunda-feira, 22 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Bem dito.

De qq modo tratando-se de vontade prórpia de ajudar isso faz bem às pessoas e transmite valores solidários. E é isso que importa estimular.

segunda-feira, 22 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

O capotezinho foi buscar uns quantos amigos da idade dele, mas não sei se vai safar-se. se o Pargana não conseguiu e tinha obra como é que o presunçoso do huguinho consegue. agora já tem o padrinho Azedo como mandatário do Mata. lá vem o 3+1 outra vez

segunda-feira, 22 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Esta gente em Portalegre... É por estas e por outras que Portalegre, está como está, pela mentalidade que existe nesta cidade, temos aquilo que merecemos.
Mas porque razão se fala assim do Dr.Hugo Capote? Porquê? Realmente há muita inveja em PORTALEGRE... O rapaz teve acima de tudo coragem, ao menos ninguém o pode acusar de não fazer nada pela cidade de Portalegre, ao menos deu a cara...
Para muitos é muito mais fácil ficar "metido na concha" É MENTIRA?

segunda-feira, 22 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Esta gente esta abrasada. É mais do que natural que esta mãe agradeça a ajuda, pois ninguem é eterno e é justo que tente guardar algum dinheiro para o futuro do filho. Ao que me parece, a senhora esta a ser criticada pela sua sinceridade. Nesses que recebem subsidio de desemprego ou rendimento minimo, ninguem fala.

segunda-feira, 22 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Espero que os lagóias percebam a natureza de umas eleições autárquicas.
É muito importante votar para a autarquia, pela proximidade do órgão de poder.
Considero muito importante a candidatura do Dr. Hugo Capote.Considero-o ser uma pessoa capaz de operacionalizar a mudança que tanto precisamos, será alguém com a sensibilidade para as questões sociais e também será capaz de incutir o dinamismo e a vitalidade de que tanto precisamos.
Não sou do campo político a que pertence.
Espero que seja a voz com a capacidade reivindicativa que tanto precisamos. Em todas as áreas.
Tenho a certeza que vai ter muitos votos.

terça-feira, 23 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

O capote? Meu Deus, onde isto vai parar! O médico mais arrogante da cidade, daqueles que são os doutores!!! Que nojo... Arrisco ainda dizer que este é pior que o Cáceres!

terça-feira, 23 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Eu não vou votar na CDU, mas este último anónimo... "O médico mais arrogante da cidade"? Em nem vou comentar. Por acaso acho que é um rapaz que não tem qualquer tipo de vaidade!

terça-feira, 23 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Eu até simpatizo com ele, mas é verdade que deixa transparecer um pouco aquela vaidade e a mania de superioridade intelectual característica da esquerda

terça-feira, 23 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Todos ganhamos com candidaturas que reúnam pessoas válidas, competentes e novas.
É extremamente gratificante verificar que os portalegrenses que tiveram de sair da cidade com 18/20anos, invistam no regresso à sua terra.
É com uma enorme esperança que vejo um conterrâneo meu com 34 anos, assumir a responsabilidade de se candidatar à autarquia. Esse assumir de responsabilidade, poderá significar uma nova política para Portalegre.
Uma cidade que padece de todos os males das cidades que se situam no interior deste país.
Importa perceber a importância de se tratar bem os mais velhos, com o respeito e dignidade que todos eles nos devem merecer. Reivindicar cuidados de saúde para nós, que pagamos os mesmos impostos dos nossos concidadãos residentes nos grandes centros do litoral.
Perceber as expectativas dos jovens lagóias, tentar encontrar resposta para as suas procuras, e assim possibilitar que por cá fiquem.
Criar uma estratégia que potencie o que temos de melhor, seja no turismo de natureza e nos outras áreas que temos com enormes capacidades de gerar mais-valias para todos. Atrair investimento público e privado.
Muito com certeza existirá para fazer,exige-se espírito de missão.
Acredito que a lista do Hugo Capote pode trazer muito de positivo para a nossa cidade. Reconheço-lhe capacidades e carisma.
Quanto ao facto de se comentar a ligação entre comunistas e católicos...bem quanto a isso não vejo qualquer tipo de problema. Aliás, a doutrina social da Igreja defende os mais fracos, aqueles que menos condições têm, chama a atenção para a obrigação que todos devemos ter na resolução dos seus problemas...porque vivemos numa sociedade que se quer uma comunidade. Com justiça Social!
Estamos fartos de políticos e de projectos políticos que não valorizam e defendem as pessoas.
Antes temos assistido a um espectáculo onde os intervenientes são os de sempre, com os compadrios de sempre, com a falta de carácter de sempre, com a chique-espertice de sempre.
Espero que todos aqueles que querem intervir para a melhoria da cidade, não desistam...e não permitam que os de sempre " por lá" continuem.
As candidaturas dos partidos do mercado, é mais do mesmo.
Queremos uma política para as pessoas, com as empresas.
Uma política com verdade, com transparência.
Penso que a candidatura do Hugo Capote, pode aspirar a tudo isto, promovendo a cidadania, a cultura, o respeito pela coisa pública!
Por último gostaria de dizer que não sou comunista nem católico praticante.
Espero que os portalegrenses percebam que podemos mudar, podemos ser mais interventivos nos mais diversos níveis, podemos e devemos aspirar a uma cidade melhor!
Ânimo Hugo Capote!

terça-feira, 23 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

As pessoas estão fartas do PS,PPD/PSD dos seus aparelhos e respectivos "operacioanais".
Estou em crer que o espaço poltico-partidário terá de ser reformulado.
O regime democrático está em crise, porque as pessoas não se revêm nos "politicos", e estes são mediocres.
Não é preciso um grande esforço para se perceber isto mesmo, basta ver as elevadíssimas taxas de abstenção nas sucessivas eleições.
Entendo que os partidos no chamado " arco do poder" estão sem a confiança das pessoas, logo os candidatos por eles apresentados ou apoiados também.
Considero muito importante o aparecimento de candidaturas que possam romper com este estado das coisas...do compadrio, do favor, da negociata, em suma da mediocridade.
A candidatura do Hugo Capote será muito importante para o processo eleitoral. Porquê? desde logo pela capacidade do próprio e de quem o acompanha, depois pelo facto de sendo uma candidatura jovem poder atrair para a política os jovens, fazer-lhes sentir que a Política é qualquer coisa que tem nobresa na sua afirmação enquanto prática de serviço à comunidade. É espirito de missão e dedicação à causa pública, aos outros. Estes serão sem dúvida bons exemplos para os jovens.
Depois parece-me igualmente importante fazer sentir a quem governa que embora sejamos cada vez menos, os jovens podem fazer algo pela sua cidade.
A cidade de Portalegre embora envelhecida, tem jovens que querem fazer dela uma boa cidade para se viver. Com qualidade de vida consubstanciada, na segurança das suas ruas, na beleza do seus espaços verdes, na dinamização do seu centro histórico (praças,esplanadas). Naturalmente que isto só será importante, depois do emprego, das escolas, dos serviços médicos prestados às populações. Como se vê isto seria, em traços largos, o que a autarqui deveria disponibilizar para o seus municipes, coisa que quem actualment lá está não fez. Pior, fomos transformados num " monte " que parece abandonado, mas que tem uns rebanhos comunitários que o agita sempre que nele se movimentam.
Espero que a candidatura do Hugo Capote seja o inicio de uma nova era.
Vou votar Hugo Capote
Não sou comunista, sou acima de tudo Portalegrense!

terça-feira, 23 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Falam como se o Capote pudesse ganhar as eleições. O problema destas boas intenções é que acabam sempre por servir de muleta ao PSD. A fórmula é simples. 3+1=4 Alguém duvida? E depois ficamos com a cultura, mas lá se vai a Robinson, o Comércio Tradicional, a Zona Histórica, a rehabilitação urbana, o endividamento, etc,etc,etc

terça-feira, 23 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Os boys socialistas já estão em pânico e por isso afadigam-se a "mostrar-nos" que o Capote não pode vencer as eleições.
Como não podem esconder o óbvio:
A força da lista apresentada, as qualidades do Hugo e dos restantes membros da lista, a lufada de ar fresco que uma lista de jovens com provas dadas e idéias claras representa para um concelho "cansado" de presidências partilhadas pelo PS e pelo PSD, passam-nos um atestado de menoridade: Nós, os portalegrenses, não podemos votar noutras listas que não sejam as de sempre.
Estão enganados. Vamos provar-lho.
Vamos acreditar em Portalegre e aproveitar a oportunidade de mudar para melhor.

terça-feira, 23 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Alguma vez na vida o PCP ganha eleições em Portalegre? o mal desta malta é que querem fazer os outros de tontos. O Mata se ganhar, ganha à justa, e se o cenário for 3-3-1 a quem é que acham que o PSD recorre para resolver a vidinha. O PS não tem lá mais nenhum Sergio Luz na lista, logo, e com a intermediação do padrinho (não no significado mafioso do termo) Azedo tudo se orientará. logo as boas intenções acabariam a seguir às eleições

quinta-feira, 25 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

COMUNICADO AFPHTN

Somos funcionárias do atendimento da Câmara e vimos por este meio expressar o nosso descontentamento perante a arrogância, prepotência, ditadura e falta de humildade da chefe e da sub-chefe.
Vivemos diariamente num clima de suspeição e somos ameaçadas constantemente por tudo e por nada.
Já não podemos falar entre nós, nem sequer espirrar e somos apontadas nos corredores como as culpadas de tudo o que corre mal.
Só nos falta meterem umas orelhas de burro e trabalharmos voltadas para a parede.

Porque os munícipes não tem culpa, continuamos a servi-los com o maior carinho que nos merecem, mas a situação está cada vez mais insuportável e não sabemos até quando vamos aguentar.


Contando com o apoio de todos aqueles que compreendem a nossa angustia,



AFPHTN
Associação das Funcionárias Públicas Hostilizadas pela TN
Quarta-feira, 01 Abril, 2009

Terça-feira, 23 Junho, 2009


Anónimo disse...
E os restantes ......

Terça-feira, 23 Junho, 2009


Anónimo disse...
Porque esta tropa não sabe dizer bem de ninguem.
Ainda nao consegui ler bem de ninguem, mas é a falta de visao que temos no nosso pais.

Terça-feira, 23 Junho, 2009


Anónimo disse...
e estes

Anónimo disse...
Os funcionários da CMP são controlados e não é pouco. A também responsável pela área da informática, Teresa Narciso, já deu ordens para cortar a net e o gmail em todo o atendimento como forma de perseguição.

Segunda-feira, 23 Março, 2009


Anónimo disse...
É vergonhosa a gestão do serviço de informática que essa senhora faz. Usa o serviço para benefício próprio e da sua divisão, discriminando todos os restantes funcionários. Leva inclusive equipamento para casa para uso dela e da família.

Segunda-feira, 23 Março, 2009


Anónimo disse...
Nos serviços liderados pela senhora parece que voltámos ao tempo da inquisição. Só que em vez de presumíveis bruxas a inquisidora procura desesperadamente autores de comentários...

Segunda-feira, 23 Março, 2009


Anónimo disse...
Desde que a Teresa Narciso chegou a chefe de divisão que instalou um clima de guerrilha, perseguição, com a consequente desmotivação nos funcionários.
O conjunto de medidas adoptadas pela dita chefe para gerir as áreas que lhe foram confiadas são finalmente postas a nu como um sistema de gestão ditador que envergonha e humilha, não só os funcionários, mas toda a instituição, e que requer rapidamente uma atitude por parte do executivo no sentido de repor a dignidade em áreas tão importantes como as que representa.
A Teresa já não consegue enganar ninguém e nunca se viu na CMP em tantos anos uma coisa assim.
Já passaram tantos chefes por aquela casa mas nunca se viu tal arrogância e prepotência que têm como único resultado um péssimo funcionamento dos serviços.

Segunda-feira, 23 Março, 2009

sexta-feira, 26 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Alguma vez na vida o PCP ganha eleições em Portalegre? o mal desta malta é que querem fazer os outros de tontos. O Mata se ganhar, ganha à justa, e se o cenário for 3-3-1 a quem é que acham que o PSD recorre para resolver a vidinha. O PS não tem lá mais nenhum Sergio Luz na lista, logo, e com a intermediação do padrinho (não no significado mafioso do termo) Azedo tudo se orientará. logo as boas intenções acabariam a seguir às eleições

Quinta-feira, 25 Junho, 2009

Das tres cidades existentes no distrito só ainda não ganhou em Portalegre. E se os portalegrenses quiserem de facto pôr um ponto final ao regabofe que destrói a cidade e o concelho. Pode ser que não queiram, agora, perder a oportunidade.
Eu nunca votei neles mas desta vez, pelo menos para a Câmara, voto CDU.

sábado, 27 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Falam como se o Capote pudesse ganhar as eleições. O problema destas boas intenções é que acabam sempre por servir de muleta ao PSD. A fórmula é simples. 3+1=4 Alguém duvida? E depois ficamos com a cultura, mas lá se vai a Robinson, o Comércio Tradicional, a Zona Histórica, a rehabilitação urbana, o endividamento, etc,etc,etc

Quantos é que estão agora? 6 do PSD e 1 do PS, não é?
e como está a Robinson? Foi-se!
e o comércio tradicional? Trespassa-se!
E a rehabilitação urbana? Negociatas!
E o endividamento? Não me façam rir...!

sábado, 27 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Nas últimas eleições o PS passou de 3 para 1. Ao longo do mandadato o eleito PS "fugiu" não fizeram nada no concelho e fizeram a m.... toda no governo e querem agora convencer-nos que o "capote nunca ganhará a câmara" e que eles com um candidato de 5ª ou 6ª escolha (pau mandado do simplicio) pode ganhar.
Devem pensar que os portalegrenses são tolos.

domingo, 28 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

e como está a Robinson? Foi-se!
e o comércio tradicional? Trespassa-se!
E a rehabilitação urbana? Negociatas!
E o endividamento? Não me façam rir...!

e como está a Robinson? Foi-se!Os coveiros foram para além do Cáceres, o Engº Melancia e o secretário de estado amigo de peito do irmão do cáceres;

e o comércio tradicional? Trespassa-se!

Os seus coveiros foram o governo sócrates e as alianças do cáceres com o xico silva...

E a rehabilitação urbana? Negociatas!

A câmara tem aqui todas as culpas no cartório... e quem é que está na câmara?

É preciso mudar isto! E nada muda se continuarmos a pôr lá os que sempre lá estiveram...

domingo, 28 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Quem afirma que o Escarameia é pau mandado do Simplício é completamente burro. Afirma isso porque não o conhece! É mais um dos muitos portugueses que fala sem conhecimento de causa! É mais um dos inúteis que andam pelo país e, principalmente, por Portalegre. É por estas pessoas que esta cidade nunca se desenvolve...

segunda-feira, 29 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Acima de tudo, o que esta cidade precisa é de pessoas com formação em gestão e muita experiência de trabalho! É preciso pôr as contas da cidade em pé! E nem venham com a desculpa de nunca se ter visto por cá o Escarameia! Ele sempre por cá andou, mesmo quando trabalhou em Lisboa. Os filhos dele fizeram cá a escola. A família dele sempre por cá viveu! Dizem que uma pessoa que investe em si e na sua carreira, mesmo que isso a obrigue a sair temporariamente da terrinha, não tem direito a voltar e lutar pela melhoria da cidade? Quem pensa assim, não pensa mesmo!

segunda-feira, 29 junho, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Maso o Dr Escarameia não foi o director financeiro da Lacticoop que deu o aval ao negócio ruinoso com a Lactogal há um par de anos atrás ? Experiencia de gestão ? só se for de contas de sumir...

quarta-feira, 01 julho, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter