sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

INCLUÍDOS E EXCLUÍDOS

Não é num fado, num poema exaltado ou num lenço farpado que lemos a palavra "cicatriz". É num relatório de economistas sobre desemprego. Desemprego jovem: 35% em Portugal, 45% na Grécia, quase 50% em Espanha. Daqui a nada estaremos a celebrar um ano da grande manifestação de 12 de Março. Ela não serviu para nada.

Há uma geração inteira que está entalada entre o que foi e o que será. Sai da universidade e não tem trabalho, quanto mais emprego. São galopantes, as taxas reveladas.
Nas manifestações de Março, havia 115 mil desempregados com menos de 25 anos, em Dezembro eram 156 mil. E estes números só incluem os que estão à procura de trabalho. Não incluem, por exemplo, os 20 mil jovens que só no final de 2011 desistiram de procurar emprego. Foram estudar. Ou vegetar. A lassidão também é uma extroversão social.

É aqui que Portugal enfrenta o risco de desagregação social. Aqui mas não só. A cesura existe mas não é entre idades, é entre incluídos e excluídos. E os que são despejados do trabalho aos 40 ou 50 enfrentam as mesmas restrições, ou piores - e com menos possibilidades de romantismo.

Os jovens amontoam-se à entrada de um mercado que não cria emprego desde 2008, num microclima deprimente e isolante. Há dias, o "Público" revelava como os jovens se estão a apartar de preocupações com os mais velhos. Afundam-se nos seus próprios desgostos. Se isto não é desagregação social, é o seu princípio.

Há sustos para além do degredo jovem. Quase um terço dos desempregados tem mais de 45 anos: têm dívidas, têm filhos e têm portas fechadas ao seu regresso. Pior: dois terços dos desempregados têm no máximo nove anos de escolaridade. Vítor Bento (quando não é Silva Lopes, é quase sempre Vítor Bento...) disse-o há um ano:
os velhos empregadores dos pouco qualificados não voltarão, e os novos empregadores, quando os houver, não os quererão. Dizemos-lhes o quê? Que saiam da zona de conforto, que não sejam piegas, que lamentamos mas o progresso também se alimenta dos seus filhos?

O mercado de trabalho tornou-se num reduto ameaçado e dual, em que os interesses adquiridos se condoem dos precários, mas não se movem por eles. A recente reforma do código do trabalho fez, aliás, quase nada por eles. Os recibos verdes continuam verdes, os contratos a termo continuam a termo, e todos continuam muito tributados. Não tinha de ser assim: há novos modelos de contratos (em países da Europa do Norte) muito flexíveis e com mais garantias - e dignidade.

As manifestações de 12 de Março não eram de jovens contra velhos, eram de excluídos e revoltados contra um sistema em que não se revêem nem os revê, cuida, sequer compreende. Foram manifestações magníficas, de alegria, convocatória e paz. Foram inconsequentes. Porque exigiram uma nova política mas abdicaram de a fazer.

A solução é sempre política. E os rios que lá desaguam são os partidos. Ou os jovens esperam por um D. Sebastião de vinte anos, ou invadem os partidos e mudam-nos por dentro, a partir da base, e pela quantidade avassaladora. Os partidos só representam os seus próprios interesses,
são sistemas piramidais com líderes reféns de quem os elege, e que saciam com empregos, cunhas, contratos e festas.

Emigrar é uma solução, mas isso não é política, é desistência. Quem não quer ser insultado com pieguices e zonas de conforto pelos políticos tem dois caminhos. Um é sair daqui. O outro é entrar por ali, e apear o sistema partidário que se protege até ao fim dos seus dias. Ou dos nossos.



PS: Na ditadura, Portugal teve um General Sem Medo candidato a Presidente. Foi morto. Agora, em democracia, tem um Presidente com medo - de uma escola Secundária.



Pedro Santos Guerreiro

Etiquetas: ,

19 Comentários:

Anonymous José Luis disse...

Eu abaixo assinado, José Luis Capelo declaro que estarei em Portalegre nos dias 25, 26 e 27 deste mes e que entrarei sem qualquer anilha na tasca gerida por dois caga-tacos que, segundo me informaram, são peritos em karate. Se por qualquer meio não legal me fôr proibida essa entrada escavacarei a murro as fucinhas desses energúmenos.

Chamo a atenção dos portalegrenses que esse antro de triste fama, tem sido a principal causa da desistência dos estudantes da escola superior, que ali deixam o dinheiro todas as noites, ficando em condições de penúria, mesmo até de fome, obrigando-os a regressar às aldeias de origem.
E mais; dois conhecidos distribuidores de droga a partir das 2H30 da manhã abrem as tendas para servir um grupo de senhoras de meia idade que ali vão às 4ª,6ª e sabados encharcar-se em shots e fumar marijuana.

Dado que se pode gerar uma situação de enorme violência durante a minha estadia, agradecia aos habituais frequentadores daquela taberna que evitassem estar presentes.

José Luis
Lx 18.02.2012

sexta-feira, 17 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Como é de esperar em Portalegre não se faz nada no Carnaval, aliás nem se dá por ele. Mas não deixa de ser normal pois nesta terra o Carnaval é o ano todo em especial na Câmara Municipal de Portalegre, desde que está lá a Adelaide Teixeira armada em sabidona , mas que só tem feito porcaria e endividado a autarquia aprendeu depressa com o Zé da Mata!!! A Manteiga que só quer passear e nada faz e logicamente o Santana, outro blufe!!! Só quer é beber e papar as gajas que lhe dão bola, é uma vergonha!!! Na Fundação Robinson a Senhora Adelaide também só quer é vender tudo e fazer dinheiro para camuflar a sua péssima governação (desgovernação),a Xanax como tem o rabo entalado permite tudo e o Camões Gouveia acha normal pois esse agora quer é ficar com o Museu Municipal, pois porque as Fundações podem dar o berro e está é uma delas com tanta aldrabisse junta e tantos dinheiros públicos que não se sabe o destino que levou! É natural este seu interesse pelo Museu. A Fufa do Museu é que não anda a achar muita piada, pois sempre ambicionou ser a directora. Mas com tanta concorrência ao lugar vamos ver como fica o Museu. As fufas querem aquilo só para elas...a Adelaide anda a dormir e quer é mostrar que se abre o museu nem que seja todo escavacado.

sábado, 18 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Então mas a fufa não anda lá para os lados das Carreiras??? Eu via lá um fim de semana destes toda armada em conservadora de primeiro nível que nem licenciatura tem. Mas mais uma vez a Fundação permite tudo nem que seja para meter a mão na massa. As fufas andam muito românticas pois sonham ficar com o Museu e a Diocese!!! Acreditam que ainda conseguem enganar a malta!!! Xanax como permite tal falta de respeito??? Tem o rabo entalado com a fufa??? Só pode pois tudo lhe é permitido... e a Adelaide que só quer guardar o marido anda a leste desta tramóia. Acorde!!!! Acorde!!!!

sábado, 18 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Se fosses ao focinho do ÁB ganhavas mais, ó Zé Luís e fazias um grande favor a alunas a quem já foram, por essa hedionda e execrável figura, pedidos beijos. Os caga-tacos estão a contribuir para o PIB do país e só lá entra quem quer, enquanto o ÁB está a contribuir para o agudizar do défice monstruoso do Estado Português e, de tão azedo, prepontente, frustrado, vazio e cínico, não merece nem sequer o ar que respira, quando mais o seu chorudo vencimento de alto funcionário público da escola que citas. Está dito, dito está.

sábado, 18 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Os excluidos, os desadaptados, e os fanáticos da política debitam asneiras nesta estriqueira dos maus costumes.

domingo, 19 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

o que se passa com a mana do Ceia da Silva, a Teresa, ou Teresinha pra alguns? Está de baixa...diz a senhora... mentirosa... roubas-te o estado Português, depois de teres tentado roubar os ciganos em Portalegre, estás mas é suspensa, sim SUSPENSA porque roubas, vergonha, não há vergonha.
Só gostava de saber porque andam tão calados os nossos jornalistas..
hummm talvez ainda não saibam de nada...
MM

domingo, 19 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

... ou talvez a segurança social se negue a prestar qualquer informação, e não confirme sequer que existe qq processo de averiguações, e depois de noticiarem isso sem provas os entalados são os jornalistas que não têm prova de que exista seja aquilo que for.
Mas é simples, se pode provar que existe um processo, canalize essas provas...

domingo, 19 fevereiro, 2012  
Anonymous Um Ex-PIDE disse...

o povo anda a portar-se muito mal. primeiro foi o socrates enxovalhado na escola antónio arroio. agora é o coelho e o seu apaniguado cavaco que são insultados por qualquer lugar onde passem. isto fase-se? a pessoas dignas que fizeram uma campanha séria, que estão a cumprir rigorosamente o que prometeram?
estive a ver as imagens televisivas ao relanti e conclui o seguinte: não era o povo que gritava mas sim lacaios do pcp, do be e alguns verdes. pareceu-me também ver por ali uns xuxas encapotados.
vocês lacaios do imperalismo russo e chines não merecem os competentissimos dirigintes politicos que vos sairam na rifa.

domingo, 19 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Corno aqui, corno acolá, Portalegre vai-se tornando uma cornaria pegada. Agora foi a mulher do Póvoas que foi apanhada com a boca na botija de um gajo que aparece por aí de vez em quando a vender ferragens. O ninho das virgens deve estar arruinado com tanto voluntariado portalegrense.

segunda-feira, 20 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

acho que a tua mulhger também já foi, não notaste a dimunuição na conta da padaria, das pastelaria e da loja de tintas?

segunda-feira, 20 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Falam da Camara e dos bomberos,mas olhem ai á tempos passei uma noite numa maca nas urgencias do hospital, pensavam que estava a dormir, um gajo e uma gaja que trabalham lá beijavam-se, sentaram-se numa cadeira e ela no colo ela gemia,também na semana passada no centro de saude á noite,dois também se apalpavam e bejavam,não é só na cmara e nos bomberos que á foda!

segunda-feira, 20 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

eh lá no hospital trabalha-se muito, é só aditivos e horas extraórdinarias.
Só não sabia era que se faziam horas extraórdinarias no centro de saúde

segunda-feira, 20 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

no centro de saude byby,à um gajo que trabalha lá vai a correio diz que se amanha com as colegas é o quer.

terça-feira, 21 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Ke bom a nossa presidente não dar tolerancia hoje,sempre dou um pulito ao arquivo e uma rapinha mais o meu querido chefe,as minhas maminhas são volumosas, mas adoram ser mexidas e mamadas,ke bom o meu chefe é um queridinho adoro-o,depois que estamos na nova camara é muito melhor á esconderijos em todo o lado,agente precisa é de trabalhar, por isso presidente não queremos tolerancia,o presidente Pilecas é que não soube aproveitar,pois anda por aqui muita rata aos saltos,secalhar julgavam que é só na camara de Portalegre.

terça-feira, 21 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

O Pilecas não soube aproveitar! sabes lá tu, tu se calhar tiveste foi a sorte de ele não te ter passado a mão pelo bichinho, pois muita vez andava muita gente à procura dele sem o acharem, e ele lá dentro sabe-se lá dentro do quê, ele é pequenino mas nem tanto!, por isso fodam bem que isso não se gasta e dá saude.

terça-feira, 21 fevereiro, 2012  
Anonymous O Zé Encavas disse...

ontem estive no ninho das virgens numa sessão de swing. claro que levei comigo uma gaja da vida dizendo que era minha mulher e de troca provei das melhores coisinhas que praticam esse desporto e que andam por aí disfarçados de casais sérios.
vim de lá feito num oito e estou a pensar ir ao endireita de alter pôr uma talas porque se isto não partiu, andou lá muito próximo.

terça-feira, 21 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

entao o luiz capelo , onde anda o gajo .

andei pela praça da republica e nada o gajo se calhar encolheu-se, com medo das ameaças que dizia.

a prima dele sim, essa andava por ali a pavonear-se .

terça-feira, 21 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Quem é que é um tal Paulo Barbosa que anda aí a lamber o cu aos políticos? Numa tal plataforma Alto Alentejo XXI.

quarta-feira, 22 fevereiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

vao durmir cabroes

sábado, 25 fevereiro, 2012  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter