terça-feira, 19 de abril de 2011

PARTIDO SOCIALISTA TROCA TUDO


Mais que ser troca-tintas, o PS transformou-se num troca tudo, e tudo o que se possa dizer da sua candidatura não chega para retratar o estado de choque dos próprios socialistas que já dizem à boca cheia: «Calha, volta que estás perdoado».

Depois do flick-flack impossível de perceber de Rondão Almeida, eis que cai o Carmo e a Trindade em cima do PS que tanto criticou, e com razão, as candidaturas de Leonor Beleza e de Costa Neves no PSD.

Mas Leonor Beleza era uma Senadora e tinha – tem – uma casa no Distrito que escolheu para passar algum do seu tempo livre. Por escolha tornou-se de certa forma uma “das nossas”. E trabalhou pelo Distrito e, por ser quem é, o deputado do Distrito foi vice-presidente da Assembleia da República.

E o açoriano simpático Costa Neves pelo menos era ministro da Agricultura e foi nessa qualidade que o PSD o nomeou candidato, de tal modo que mudava de meia em meia hora do papel de ministro para o de candidato, na mais vergonhosa campanha eleitoral a que se assistiu neste Distrito, sem pinga de ética ou de respeito pelas funções de Estado. Igualzinho a sei Primeiro Santana Lopes, que três dias antes das eleições até fez um comício com lanche para os empregados da Coudelaria de Alter e onde aldrabou as pessoas a dizer que a família era de Alter.

Palhaçadas!

Pior que a imposição do sempre antipático Pedro Lynce pelo PSD a Évora, com que os socialistas gozavam no final da semana, é a do boy Pedro Marques, que ninguém conhece, ao distrito mais socialista de Portugal.

O rapaz está com medo de ficar sem emprego e foi necessário arranjar um buraquinho para ele caso o PS perca as eleições? É o tachinho garantido à conta de lugar de eleição certa (mas se todos os que votaram PS, como eu, fizessem o que farei, saía-lhes o tiro pela culatra).

O pastor da IURD, José Sócrates (como lhe chamava, e bem, António José Saraiva no editorial de sexta-feira no Sol) acaba de passar um (mais um) atestado de incompetência ao PS do Distrito de Portalegre. Mas não é isso que é grave, o que é grave é o PS do Distrito de Portalegre deixar.

Não basta termos uma excelente pessoa como Governador Civil mas que nada – nada – rigorosamente nada - defendeu este Distrito ao longo dos anos em que desempenhou a função que resumiu a figura decorativa na maioria dos casos, e a figura interveniente apenas nas mais que ridículas campanhas de suposta prevenção rodoviária, onde começa por ser gozado pelos próprios agentes que “obriga” a participar, mas que de tudo o resto de interesse para a região nada sabe? Dizem-nos os seus amigos, as pessoas que o estimam, não quem é de outra cor ou que lhe não queira bem.

Por isso o Distrito está como está, e estará sempre pior enquanto o PSD continuar a aguentar fretes de Costas Neves, e pior ainda quando o PS perdeu a vergonha e aceita apoiar o tal boy, que até pode ser bom rapaz, mas de bons rapazes estamos nós fartos.

Tão ridícula vai a procissão, que desta vez até o comunistas apresentam uma ilustre senhora sindicalista, tal qual o pato-bravo do PS.

Não vão pois eles criticar-se uns aos outros, porque todos têm as mesmas telhas de vidro.

No PS, depois de apresentar um candidato credível (goste-se ou não dele), de repente este dá o dito por não dito e, quando se esperaria que Jorge Martins assumisse a posição que naturalmente seria a sua, e na qual representaria com nível, a qualidade e combatividade pelo Distrito, sai-nos isto em má-sorte?

Espero que toda a lista do PS se demita, e que Jorge Martins bata com a porta.

Digo que espero (mas não acredito, porque a política é feita destas coisas asquerosas).

Como se diz por cá, pê-esses ainda por aí há muitos a fingir, agora socialistas neste Distrito é que não se conseguem encontrar. Sim, porque esses fariam um pé de vento, mas o aparelhinho vai todo juntar-se e arranjar um discursozinho que desculpabilize a escolhazinha do tal boyzinho Pedrinho Maquinhos.

É por causa desta gente que todos estamos como estamos.

A mim, socialista, restam-me três opções: ou não voto, ou voto em Cristóvão Crespo ou voto em Paulo Caetano.

Que ironia, não é?

Etiquetas: , , , ,

44 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Pelo que se fala por está terra em Monforte está a passar uma onda de larápios... Em especial pela Monforqueijo.... Capitão mete esse pessoal na choça... lá é que ficam bem em especial o Mata e a Dondoca da Filha armada em titi.... é uma vergonha!!!!

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

E podem transitar para a Câmara de Portalegre, Fundação Robinson e mais alguma coisita onde cheire a Mata....

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Podem também começar pelo governo civil "Jaiminho e as suas putas tristes" acabando na Câmara de Elvas.

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Já não há pachorra para tanto gajo e gaja que se serve da política para enriquecer. Longe vai o tempo das pessoas que militavam na política para servir.

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Um socialista, repúblicano e laico disse...

Camarada:
Permita-me que o trate assim, como os militantes e verdadeiros socialistas devem ser tratados. O seu "post" retrata uma pequena face da verdade do chegou o PS no distrito de Portalegre. Onde o último cabeça de lista e deputado eleito passou a legislatura sem fazer ponta de corno, esteve na assembleia para receber o ordenado e nada fez, além de fazer figura de corpo presente. Ao longo da "estória" do PS no distrito este também fez muitos "flick-flack's" e importando para cabeças de listas verdadeiros pára-quedista, felizmente ainda há militantes que são vivos e se lembram bem destas "estórias". Quanto ao "boy"imposto é mais um que vêm, que na vida nada fez além de ser um "boy" proveniente da JS e é do Montijo. Quanto ao candidato indicado pela federação não passa de um ditador, vigarista e ladrão dos muitos em que o PS é rico, falo obviamente do Roldão. O Jorge não passa de um "bom rapaz", mas sem coluna vertebral erguida para impor a voz deste distrito.
Quanto ao "figurão" do camarada governador civil, como alguém já aqui comentou na é mais que "Jaiminho e as suas putas tristes", apesar de nunca chegar aos calcanhares da obra literária do Gabriel Garcia Marques.
Depois disto, resta-me concordar inteiramente com o camarada no sentido do voto,no próximo dia 5 de Junho de 2011.

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Tá instalada a peixeirada entre o Manel Isaac e o Jaime Estorninho, a propósito da divulgação via e-mail do texto deste post...
Já agora, o segundo toma claramente "dores" que não são suas...

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Há no distrito uns cromos chuchalistas que não sabem retirar-se a tempo da política. Apesar de reformados gostam de chular o povo. Vão para casa, que já se serviram muito. Chega de burradas.

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Num país de gente normal, começar-se-ia por confiscar os bens e fortunas que estes vigaristas acumularam ao longo dos anos em que se mantiveram no poder. Depois, seriam responsabilizados pela gestão dolosa que fizeram do património público. Acabar-se-ia com as fundações, institutos e outras inutilidades que albergam a rapaziada amiga, e a do partido.

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Coitadinhos dos socialistas mais uma vez botaram a pata na poça na divulgação dos nomes da lista de candidatos a de(putas) à assembleia das de(putas). Não há calimero que lhes valha.

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

As putas ao poder que os filhos já lá estão!

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

antes cedo do que tarde .. todos ao poder antes que essa coisa chamada FMI que nos lixe a todos ....

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

caro manel:

se me voltares a cortar um post nesta tua lixeira juro-to que não te ficarás a rir. percebes-te?

CdC

terça-feira, 19 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O estado a que o PS chegou neste distrito tem culpados.
- Miranda Calha, Camilo, Realinho, Simplicio, Estorninho, meia dúzia de autarcas com tiques de ditadores e ladrões, que afastaram os socialistas do partido.

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Todas as seitas partidárias estão cheias de idiotas mas a do partido socialista, é um must.

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O PSD não fica atrás vejam a nossa Câmara de Portalegre!!! Vim este fim de semana a terrinha que me viu nascer e qual não foi o meu espanto: A cidade virou aldeia não existe nada de novo só me espantou quando alguém me disse que a Professoreca da Adelaide Teixeira fazia parte do executivo desta Câmara, já não bastava a xiferuda da Ana Manteiga para completar o ramalhete o Zé foi buscar outra xiferuda que de nada percebem de autarquias. Mas o povo elegeu estes três incompetentes o resultado está a vista... Mas é lamentável que a oposição tanto fala e nada faz... deixam estes palhaços andar a brincar com o dinheiro alheio....

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Pois é tem razão o Zé gosta de xiferudas... A Manteiga é o que se sabe!!! o GNR gosta muito de aspirantes e o Teixeira gosta da jurista da segurança social, e estás titis passeiam os ditos cujos ... armadas em dondocas como podem ter competências para desenvolver um bom trabalho??? Nunca a cabeça destas duas meninas pesa muito, como tal os neurónios deixaram de funcionar...

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O PS aprova hoje, em reunião da Comissão Política, as suas listas de candidatos a deputados, nas quais não deverão figurar os dois ministros de Estado do actual Governo, Luís Amado e Teixeira dos Santos.

Também Vera Jardim, que assumiu as funções de vice-presidente da Assembleia da República, não deverá voltar a candidatar-se a um lugar no Parlamento.

Fonte da direcção do PS disse à agência Lusa que, tanto o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, como o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, números dois e três da hierarquia do Governo, manifestaram indisponibilidade para integrar as listas de candidatos a deputados.

Nas eleições legislativas de 2009, Luís Amado foi cabeça de lista do PS por Leiria, sendo agora substituído pelo ex-dirigente do CDS Basílio Horta, enquanto Teixeira dos Santos foi segundo pelo círculo eleitoral do Porto.

Nos primeiros nomes da lista por Lisboa, de acordo com dirigentes do PS, deverão entrar o ex-ministro da Justiça Alberto Costa (número dois), a vice-presidente da bancada socialista Inês Medeiros (terceiro lugar) e o ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão (quarto lugar).

Ainda em relação a Lisboa, entram nos lugares considerados elegíveis o ex-líder da JS Duarte Cordeiro (que foi director de campanha da candidatura presidencial de Manuel Alegre), o líder da concelhia de Lisboa, Rui Paulo Figueiredo (que foi mencionado por Belém como o elemento da esfera do executivo que exerceria vigilância ao Presidente da República), o deputado Miguel Coelho, e Miranda Calha, que perdeu o lugar de cabeça de lista por Portalegre.

Pelo Porto, ainda não está confirmada a presença do ministro da Justiça, Alberto Martins, no segundo lugar, atrás do número um por este círculo, o presidente do Grupo Parlamentar do PS, Francisco Assis.

Nos lugares cimeiros da lista pelo Porto entram o ministro da Defesa, Augusto Santos Silva, o dirigente socialista José Lello, o secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro, a governadora civil do Porto, Isabel Santos, e o líder da federação do Porto, Renato Sampaio.

Neste círculo, uma das novidades deverá ser a inclusão do novo secretário nacional do PS para a Organização, André Figueiredo.

Nas listas do PS, uma das dúvidas é saber se a ex-secretária de Estado dos Transportes Ana Paula Vitorino, que saiu agora do Secretariado Nacional, continua a integrar as listas de deputados.

No domingo passado, na sequência da reunião da Comissão Nacional, o PS apresentou os seus 22 cabeças de lista às eleições legislativas.



Lusa/SOL

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

o das bruxas não é o mesmo que se preocupou com o orçamento do psd na câmara, os que querem acabar com o SNS, existem bruxas, mas ignorantes há mais.

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Tem razão o Mata escolheu mesmo a geito qualquer uma serve!!!! desde que o deixem fazer o que quer nada... Agora até o Capitão o pôs em tribunal!!! Até a Monforqueijo anda de mal a pior a filha é uma inteligência rara a gastar o que não tem. E as vereadoras são uns amores passeiam pelos corredores da Câmara os xifres e os quidos amanham-se com as outras...Hé...Hé ....

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Essa Adelaidesinha não interessa a ninguém é daquelas que esquece com facilidade quem a ajuda inclusive cospe no prato onde sempre comeu... É uma mula, mafiosa e interesseira se assim não fosse não tinha se portado tão mal com quem mais a ajudou... Vingança é feio adelaidesinha..... fica-lhe mal dondoca.... Acorde e abra a pestana ....

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Não se estão a esquecer daquelas duas vereadoras/putas da câmara de Elvas que andam a duas a f... com o velho almeida?

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Falando de serviço nacional de saúde, quem foi a grande besta do partido socialista que acabou com os serviços de atendimento permanente nos vários concelhos do distrito?

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

As putas/vereadoras do ps de elvas nem se falam uma à outra...

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous João Lopes disse...

Sabem que a candidata a de(puta) do PS às eleições de 5/6/2011, nunca chegou a horas ao emprego/tacho/centro de emprego de Ponte de Sôr e é a primeira a sair sempre antes da hora.É só candidatas a de(putas) do melhor, trabalhar trabalhem os pretos porque esta é alérgica ao trabalhinho.

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous ANARCA disse...

Este distrito bateu no fundo, os PS está entregue a vigaristas, ladrões e corruptos.
O último que apague a luz!

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Portalegre está muito bem representado, para ter a triade completa só falta o hugo (cristovão crespo, paulo cardoso e ...)

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

essa gaja do centro de emprego de ponte de sor, disse-me um colega que a põem a falar nas reuniões só para se rirem pq é uma anedota

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

fartou-me de rir com tantos erros de ortografia que aqui se escreve .

vão mas é trabalhar ...

assinado alguém que ainda acredita nesta cidade

quarta-feira, 20 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Nas listas do PS, estão em lugares elegíveis os seguintes candidatos:

Aveiro - Helena André, Pedro Nuno Santos, Sérgio Sousa Pinto, Rosa Albernaz e Filipe Neto Brandão; Beja - Luís Pita Ameixa e Osvaldo Castro; Braga - António José Seguro, António Braga, Gabriela Canavilhas, Miguel Laranjeiro, Nuno Sá, Sónia Fertuzinhos e Laurentino Dias; Bragança - Mota Andrade e Manuel Vaz; Castelo Branco - José Sócrates, Fernando Serrasqueiro e Hortense Martins; Coimbra - Ana Jorge, Mário Ruivo, João Portugal e Teresa Sousa Fernandes; Évora - Carlos Zorrinho e Bravo Nico; Faro - João Soares, Miguel Freitas, Isilda Gomes e Jamila Madeira; Guarda - Paulo Campos e José Albano Marques; Leiria - Basílio Horta, João Paulo Pedrosa, Odete João e Jorge Gonçalves; Lisboa - Ferro Rodrigues, Alberto Costa, Maria de Belém, Jorge Lacão, Marcos Perestrello, Inês de Medeiros, Vitalino Canas, Rui Paulo Figueiredo, Isabel Moreira (independente, constitucionalista), Miguel Coelho, Pedro Farmhouse, Maria Antónia Almeida Santos, Ramos Preto e Pedro Alves; Portalegre - Pedro Marques e Nuno Mocinha; Porto - Francisco Assis, Alberto Martins, Isabel Santos, José Lello, Augusto Santos Silva, Ana Paula Vitorino, Manuel Pizarro, Renato Sampaio, Isabel Oneto, Miranda Calha, Manuel Seabra, Luísa Salgueiro, André Figueiredo e Fernando Jesus; Santarém - António Serrano, Idália Serrão, João Galamba, António Gameiro e Anabela Freitas; Setúbal - Vieira da Silva, Eduardo Cabrita, Euridice Pereira, Duarte Cordeiro, Ana Catarina Mendes, Catarina Marcelino e Luís Maldonado Gonelha; Viana do Castelo - Fernando Medina, Jorge Fão e Sandra Pontedeira; Vila Real - Pedro Silva Pereira, Rui Santos e Paula Barros; Viseu - José Junqueiro, Elza Pais, Acácio Pinto, Miguel Ginestal e Maria de Fátima Coelho Ferreira; Açores - Ricardo Rodrigues, Carlos Enes e Vera Lacerda; Madeira - Jacinto Serrão, Rui Caetano e Isabel Sena Lino; Europa - Paulo Pisco e Maria de Lurdes Rodrigues; Fora da Europa - Carolina Almeida.

Lusa / SOL

quinta-feira, 21 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O ps está mesmo entregue a vigaristas e ladrões, o Jorge Martins, foi corrido entrou mais um ladrão de Elvas.

quinta-feira, 21 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Os nomes já conhecidos das listas do PS são desmotivantes para qualquer socialista que ainda não tenha cegado na fé socratista: nomes estafados de ministros requentados e comprovadamente inaptos, sem um assomo de novidade, repisados, sem uma aragem minimamente refrescante. Estes nomes traduzem o estado de definhamento do socratismo, enclausurado dentro de si mesmo, sem energia para se renovar e salvar Portugal – já que apresenta muitos dos principais responsáveis pela desgraça em que estamos.
Uma vez mais, comprova-se que o PS não está arrependido do muito mal que fez aos portugueses. E que se os deixarem voltarão a reincidir no mesmo…

quinta-feira, 21 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

É disto que o gado gosta, pelo andar da carruagem, vai encenar-se um acto eleitoral para que tudo fique na mesma.
O rosto da miséria a que chegámos, José Sócrates, corre para ser reeleito, rodeado de novos e velhos pulhas que continuarão a fazer a sua vidinha farta, e a esmagar o cidadão comum. Dá-se uma volta pela imprensa e fica-se com nojo. Esta cambada de tolos constituída em massa eleitoral, incapaz de ver um boi à frente dos olhos, apresta-se novamente a votar em quem tanta incompetência e desonestidade tem demonstrado.
Perante a remota hipótese de se verem afastados ou perderem mordomias, cidadãos respeitáveis como António Barreto que ao longo dos anos vem criticando quem assim desgovernou o país, aparecem agora a encabeçar um pseudo movimento de cabeçudos que apelam a uma união nacional em torno dos mesmos inúteis que nos faliram. Afinal, a mesma gentinha sem coluna vertebral nem tomates no sítio. Até Ramalho Eanes apareceu ontem na televisão a defender Sócrates e o seu país maravilhoso, moderno e tecnológico.
Foda-se!
Não havia necessidade senhor general.
Que se saiba, você é um homem sério ou, pelo menos, tem sido.
Resume-se e conclui-se que todas estas osgas que tanto penhoraram contra o regime, são elas mesmo o dito regime e perante uma vaga ameaça, unem-se em defesa do seu modo de vida. Li que um javardo qualquer que foi estrela popular no big brother, um Telmo qualquer merda, é candidato a deputado nas listas do Partido Socialista pelo distrito de Leiria. É a única boa notícia do dia. Um povo que não sabe rir da sua ignorância, seria imensamente infeliz.

quinta-feira, 21 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

A falta de tomates é escreveres sem te identificares, coisa normal em pessoas como tu.

quinta-feira, 21 abril, 2011  
Anonymous Francisco Gomes disse...

E tu?

quinta-feira, 21 abril, 2011  
Anonymous João disse...

O que nos vale é que já temos quem nos governe... Não fosse o facto de já termos - pela primeira vez em 37 anos - um primeiro ministro competente, Paul Thomsen, e este país continuaria ingovernável. À luz das novas sondagens as conclusões não podem ser mais esclarecedoras:
O povo está dividido relativamente a tudo.
Metade ainda confia no maior flibusteiro da história portuguesa - José Sócrates; a outra metade reprova a escolha do maior choné dessa mesma história - Fernando Nobre.
Metade vota na esquerda e a outra metade na direita.
Metade queria eleições e a outra metade não.
Cá para mim o que se passa é que metade nem sequer percebe o que está a acontecer e a outra metade também não.

sexta-feira, 22 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Passos Coelho é um menino... só faz asneiras. vai conseguir perder contra o maior mentiroso da história de Portugal: José Sócrates
Apenas uma breve para perguntar:
Entre o PS e o PSD qual o partido que está pior?...
Sócrates já não tem credibilidade absolutamente nenhuma nem sequer para os boys que guindou à ribalta. É um verdadeiro zero, seja qual for o prisma pelo qual se olhe. Excepto no discurso de xico-esperto para enganar tolinhos. Aí é bom. Conhece bem a matéria de que o povo mais atrasado da Europa é feito e movimenta-se muitíssimo bem nesse pântano intelectual.
Por outro lado, Passos não passa de um "menino" politicamente falando. Um típico amador. Não percebe absolutamente nada disto.
De cada vez que abre a boca perde milhares de votos.
Com esta manobra estúpida do impagável Nobre arruinou o que restava do património eleitoral do Partido. Um menino a convidar um choné!...
A quem estamos entregues!
Nem vale a pena perder tempo a analisar as listas dos medíocres boys e girls que se cozinharam nos 2 partidos do centro para povão consumir.
Neste momento dezenas de milhares de socialistas não votarão PS por causa de Sócrates. Nem vale a pena olhar para o mérito da lista que apresenta em cada distrito. Sócrates arruína tudo.
Mas também outros tantos desiludidos não votarão neste PSD de asneiras sobre asneiras tanto no que se refere à qualidade do líder como à composição das listas para os vários distritos e as broncas que elas estão a gerar.
De qualquer modo quem nos governará é o Paul Thomsen seja qual for o "boneco" que seja eleito.
Por isso parece-me ser esta a hora de se fazer pagar a factura política (única factura que estes arruinadores da Nação pagam) a quem nos tem desgovernado nos últimos 15 anos e nos levou a esta mundialmente envergonhante bancarrota.
Resta ao povo livre pensador a escolha de entre os três menores partidos que ou nunca ou pelo menos nos últimos anos não fizeram parte do pedantemente denominado "arco da governação": PCP, O BE e o CDS, embora este tenha sido minimamente representado com 3 ministros no 15º governo e com 4 no 16º governo de curta duração. Já lá vão mais de 6 anos... a dívida simplesmente duplicou nestes últimos 6 anos de PS sozinho.
O CDS, no meu entender, vai ser a grande surpresa destas eleições.

sexta-feira, 22 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

A falência moral deste país é notória.
Sócrates, segundo as sondagens actuais, se as eleições fossem agora, ganhava novamente.
A miséria total está instalada.
Esperam-nos tempos muito maus.

sexta-feira, 22 abril, 2011  
Anonymous J.G. disse...

Meia dúzia de não dependentes directos do Chefe foram "abatidos ao efectivo" das listas do PS. Outros medíocres ou bibelots irritantes como Maria de Belém - que tem lugar garantido nas televisões para exibir a sua improbabilidade - lá estão. Vieira da Silva - que vendeu o que restava da sua alma socialista não socratista ao diabo - apareceu em público a amesquinhar Teixeira dos Santos com a maior cara de pau. Encheu as listas de amigos seus e do Chefe a mando do Chefe. É o mais reles da pior tralha socrática que vai a votos a 5 de Junho nas listas do PS, fora um ou outro transviado para ornamentar. Convém lembrar.

sábado, 23 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Esta gente tem de ser responsabilizada judicialmente
segunda a imprensa, o resgate do país exigirá um empréstimo 110 vezes maior do que o ultimo a que recorreu. Não esquecer que esta é a terceira vez que o país recorre à ajuda externa pós 1974. Diz-se também que será o 5º de maior valor entre todas as operações em que o FMI está envolvido. Tendo em conta a pequena dimensão do país e da sua economia, é uma boa bitola para avaliar o problema em que estamos metidos. É óbvio que, pelo menos quem está a metade da vida, já não conhecerá outro Portugal que este, falido, deprimido e sem rumo à vista. Os responsáveis pela situação, vão unir-se num grande consenso nacional não para mudar de rumo – se o soubessem, ou quisessem fazer, já o teriam feito – mas sim, para manter o mesmo. como afirma o engenheiro, o tgv é para se fazer. O eleitorado, na sua grande fé pela senhora de Fátima, lá irá legitimar a continuidade da irresponsabilidade, crente de que a máfia instalada sempre lhe atirará umas migalhas. Engana-se! o dinheiro vai mesmo acabar e ficaremos a curto prazo, por nossa estrita conta e risco. o velho viver como habitualmente, será irremediável e definitivamente, suspenso. O cómico da situação, é a inevitabilidade desta fatalidade. como se não tivéssemos escolha, não pudéssemos exigir contas, como se não fosse nossa obrigação levar toda esta gente que colaborou no desfalque a responder judicialmente pelos seus actos. Quanto mais não seja, para servir de exemplo aos seguintes. Não. vamos reconduzi-los na governação.

sábado, 23 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O problema é que o PSD, com mais ou menos asneiras, já não vê um político desde Durão Barroso. Não estou a falar de um génio, claro, mas de alguém com tacto e instinto de sobrevivência.
Depois de Durão, o dilúvio: eis uma frase que, aplicada à personagem, não deixa de ser extraordinária. De 2004 a 2011 o partido foi entregue a dois loucos varridos (Santana e Menezes, com Menezes a ganhar), a dois totós (Mendes e Coelho, mais o Coelho que o Mendes) e à drª Manela, que apesar da indiscutível santidade não foi exactamente um prodígio de agudeza estratégica.
Sete anos nesta merda.
Outra década nisto e podemos exumar o Suetónio, que ao menos já treinou com as biografias de Nero, Galba e Vitélio: não eram mais doidos que os nossos. Nem Calígula, que elevou um cavalo a senador, se lembraria de ir buscar o Fernando Nobre. Você não leu os Doze Césares? Então aguarde os Doze Palhaços, por apenas mais um euro na compra do DN.
Foda-se, é inacreditável que não haja um caralho com dois palmos de testa no maior partido da oposição. O país em ruínas, o Governo nas mãos de um Goebbels da esquerda gira e moderna e aquele atrasado mental desce nas sondagens a dois meses das eleições. Puta que o pariu.

sábado, 23 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Difícil dizer melhor e escrever melhor

sábado, 23 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

CdC

ah, tu tb é dos que ainda acreditas no pai natal? tá bom, tá...

sábado, 23 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

aonde isto vai parar...
já vamos nos 9,1%

sábado, 23 abril, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Parece qye quem vai apoiar o cds da luisinha é o profe borges COMO MANDATARIO IHIHIHI

segunda-feira, 02 maio, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter