quarta-feira, 23 de setembro de 2009

VAMOS TODOS CORRER COM ELE...

36 Comentários:

Anonymous JAM disse...

Qualquer Sebastião José, qualquer António de Oliveira Salazar e outros quejandos, de déspotas iluminados a mais rascas césares de multidões, rever-se-iam nas muitas sementes de micro-autoritarismo subestatal que por aí vão medrando debaixo da mesa do orçamento.

Só quem for cego, surdo e mudo é que não consegue vislumbrar segmentos coligativos de asfixias sociais, ditas democráticas, mesmo em coligações expressas ou tácitas de chefões que se dizem do PS com chefões que se dizem do PSD. Já os senti várias vezes no lombo. Isto é, sei de experiência vivida que pode haver uma democracia sem povo e até contra o povo, a tal democratura que é gerada pela doença da partidocracia.

quarta-feira, 23 setembro, 2009  
Anonymous JAM disse...

Uns recobriam-se de esquerda revolucionária, mas amadurecerem como ministros da direita. Outros aderiram ao capitalismo pela corrupção negocista. Outros ainda invocaram a benção da sacristia, mesmo sem conversão. A opressão não é platónica. Faz sangrar.

Não sei se, nos recentes episódios, houve belenzada ou se tudo não passa de um pretexto para setembrizadas da viradeira. Umas das abriladas é que não é, com toda a certeza.

Preferia que tudo se resolvesse como em 9 de Setembro de 1836. Os deputados incorruptíveis desembarcavam no Cais das Colunas. O povo recebia-os com vivório e foguetório e, em procissão, com bandas filarmónicas, íamos aos paços da rainha, esta despachava os espiões da rainha Vitória que ensarilhavam a Corte e fazia-se uma governança de moralidade.

quarta-feira, 23 setembro, 2009  
Anonymous JAM disse...

Neste reino por cumprir, temos que começar por restaurar a república. Porque, como dizia o Passos (Manuel): antes de sermos da direita ou da esquerda, somos da pátria. Viva a Revolução de Setembro! Abaixo o devorismo!

quarta-feira, 23 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Pisca Pisca muito, muito mal na Radio Portalegre...Sr. Pisca Pisca, Sr. Ceiacertus, sff peçam para sair !

António José Baptista, desta vez este bem !

quarta-feira, 23 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Tauromaquia sempre !

quarta-feira, 23 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

saquei o texto abaixo de um Blog de Portalegre:

“A CMP abriu concurso para Chefe de Divisão Cultural. E um dos critérios, mais precisamente o 5º, é que o candidato tem que ser licenciado em Direito. Para Chefe de Divisão Cultural. Em nenhum ponto pedem currículo. E o Camões Gouveia, da Fundação Robinson está no júri.
E já agora, ontem à noite não foi só o Serrote que foi contratado a 15 dias de acabar o mandato. Foi tb a sua esposa, a Mónica - como jurista.
Divulguem isto. Isto tem de acabar.

quarta-feira, 23 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Depois destas vergonhosas notícias, desisto de votar laranja, para mim "é finnito"
ass: ex-laranja

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Alguém me pode explicar o que é isso da moda do Pisca Pisca, falam que esteve mal na rádio Portalegre...

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

O filho do famoso escritório de advogados que quase é uma firma de mediação imobiliaria que tem sido falado,também se anda a desenrascar bem....Observem...
Mal vai este PSD de Portalegre.
Quanto a historia do chefe de divisão isto nao foi um tiro no pe...isto foi uma bazokada na cabeça...sao os nossos politicos , que fazer?

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Mas quem são esses advogados?

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

E pisca pisca!!!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Viva a policia judiciaria!
E as caras quase destapadas...
Vamos ver como fica a continuação do mal dizer...
Querem saber quem e o "dono" do blog querem???
Vai ele e os anônimos do mal dizer, depoi se Vera quem pisca pisca!!!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Desde o problema com a TN e a sua famosa declaração que se sabe quem faz todos TODOS os comentários, depois de uma queixa e parece que há muitas mais... Cuidado!!!!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Viva o Magalhães!!!!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Alguém sabe o que se passa com a escola de hotelaria?
Parece que esta muito mal!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Parece que a gestão esta desfeita!
Foi o que ouvi.

Ass: Socras

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Eu não ouvi nada nem me interessa.

-Simplesmente pela desmotivação...
-Pela mentira...
-Pela corrupção...
-Pelo mau funcionamento da justiça...
-Pelo oportunismo...
-Pela falta de brio...
-Pela falta de competência...
-Pelo excessivo endividamento das familias, empresas e estado Português...
-Pela falta de bom senso
-Pela falta de equilibrio e razoabilidade...

Já estou "naquela" tanto faz, é triste mas é a realidade...

Onde vamos parar? O que será de nós?????

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

E este blog e reflexo disso mesmo!
Miséria!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Mas há advogados burlões por aqui à solta?

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Falta pouco...
Adeus Socras!!!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Vota Bloco!
E Bloco e Esquerda e bloco de Esquerda!!!!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Andam a roubar palha no Alentejo:

Um candidato do CDS-PP à Câmara Municipal de Moura, de seu nome Pedro dos Reis, foi detido sexta-feira pela GNR por, alegadamente, estar a furtar palha numa herdade localizada na periferia da cidade alentejana, avançou ao DN fonte da Guarda, acrescentando que o homem, de 63 anos, foi interrogado e constituído arguido, ficando a aguardar em liberdade o desenrolar do processo.

A cabeça de lista e presidente da distrital de Beja do CDS, Sílvia Ramos, confirma o envolvimento do seu "número 3" no caso, mas diz que isso não a fará alterar a composição da lista.

"A minha decisão é simples. Somos democratas-cristãos e está explícito na Bíblia que quem nunca pecou que atire a primeira pedra. Não é por meia dúzia de fardos velhos que vamos tirar a pessoa da lista, neste momento. Cabe à Justiça e a Deus julgarem o acto", diz a líder centrista em Beja.

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Quadratura do Circulo

Pacheco desmonta estrategia socialista, brilhante!

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Luca disse...

Já só faltava mais uma sondagem viciada como a das europeias.
Quanto ao sr. que desistiu de nada escrever e que agora insiste que vamos ser todos 'descobertos' só lhe queria informar que estamos num país livre e democrático (estaremos?) por isso vá pentear macacos que eu não desisitrei de escrever verdades.

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Luca disse...

E há mais uma verdade. Saiu ontem no Diário da República as 42 obras relevantes em termos de estradas. Para o Sócrates não nenhuma que Portalegre precise, auto-estradas para quê? vai p'ro litoral que aí tens 2 ou 3 ao lado umas das outras. E a continuação do IC13 até à fronteira? Se calhar depois dos nuestros hermanos espanhóis fazerem a auto-via de Valência de Alcântara para Cáceres.

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Luca disse...

Realmente o Miranda 'só cá aparece nas eleições' Calha tem feito muito por Portalegre. E o Luis 'puto mimado' Testa tá-se mesmo a ver que também vai fazer. É o call center, é o quartel da GNR, as estradas, a barragem do Pisão, é só areia para os olhos. Povo de Portalegre acordai e votai útil no dia 29 - não mais socialistas destes.

quinta-feira, 24 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

sr luca, escreva,escreva, que você diverte-nos com as parvoeiras que diz. eh,eh,eh....

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous Rui C. T. disse...

É a hora
Se as sondagens se aproximarem dos resultados eleitorais do próximo Domingo, José Sócrates continuará a ser o nosso Primeiro-Ministro.
Durante boa parte destes 4 anos e meio, os Portugueses protestaram, queixaram-se, saíram à rua, muitos jurando que nunca mais, que não perderiam a oportunidade de correr com o Sócrates na primeira ocasião.
Pois bem: essa ocasião será no próximo dia 27 e, ao que parece, se os indecisos não votarem maioritariamente contra o PS, José Sócrates continuará no poder.
Voltará o medíocre modelo de avaliação de professores, será retomado o encerramento de serviços de saúde, endividar-se-á o País por muitos anos com o TGV e a 3.ª auto-estrada Lisboa-Porto, teremos casamentos e adopções gay, será aprovada a eutanásia, as televisões e os jornais vão cada vez mais obedecendo à vontade do chefe…
Se o PS ganhar estas eleições legislativas, todos aqueles que puserem os seus ódios pessoais ou, o que é pior, a sua indiferença, acima do objectivo de remover este asfixiante Estado rosa, não poderão dizer que não imaginavam, que não sabiam, que não têm nada a ver com isso.
É por isso que agora é a hora!
É a hora de todos os que se revêem nestes 4 anos e meio de governação socialista dizerem que querem mais; e de todos os que sofreram, foram prejudicados ou simplesmente discordam das políticas do PS votarem nos partidos que se lhe opõem.
Se forem de esquerda votem CDU, já que o BE não oferece garantias de não se vir a coligar com o PS.
Se forem de direita votem PSD, pois este é o único partido que pode, se tiver mais um voto do que o PS, pôr finalmente termo ao Governo de Sócrates. Porém, caso não o consigam votem CDS, que sempre é melhor do que ficar em casa.
Se aqueles que discordam do PS assim não procederem, lá estarão no dia 28 a carpir mágoas durante mais uns anos, a dizer que Sócrates é arrogante e que o Governo é mau, esquecendo que não agiram quando foi tempo de o fazer.

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous André disse...

Infelizmente ouvimos muito cepticismo face ao nosso sistema democrático eleitoral. É frequente ouvir-se “são todos iguais”, “são sempre os mesmos”, “não vou votar, porque não muda nada”. Creio, e posso estar enganado, que muito deste desânimo resulta do facto de os vários governos constitucionais terem sido constituídos fundamentalmente por dois partidos: o PS e PSD (com ocasional presença do CDS-PP). Apesar das diferenças programáticas, de personalidades, de postura, que possam existir entre os dois partidos (e que têm vindo a convergir cada vez mais). Isto é, na prática, e ao nível do Governo, tem havido muito pouca alteração. Terá havido mudança de caras, mas no fundo grande continuidade ao nível da prática política.

Não quero aqui refutar a falácia de “todos os partidos serem iguais”. Eu sou militante do PCP e creio que o PCP e a CDU são diferentes dos restantes clubes políticos. Mas não é este o meu enfoque, nem quero aqui estar a fazer campanha em torno da força da minha preferência. Quero defender a nossa democracia multipartidária.

A tendência, fomentada pelos partidos que têm ocupado o governo e que é reforçada pela comunicação social, de que o voto individual só conta para decidir se é Dupont ou Dupond quem chega a primeiro ministro; o apelo ao voto útil, por parte do PS e PSD, usando os argumentos da estabilidade e governabilidade, além de ser um argumento oportunista e falacioso, são uma visão distorcida do que deve ser a democracia.

continua

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous André disse...

continuação
As eleições de domingo são para eleger os 230 deputados da Assembleia da República. Felizmente, a AR tem conseguido manter uma composição multi-partidária. Além dos partidos que ocupam neste momento a AR, outros partidos têm por lá passado. Recordando apenas os mais recentes, o PRD e o PSN já tiveram representação parlamentar. O facto de termos um AR com múltiplas vozes têm uma enorme importância. São mais vozes a apresentar projectos de lei, a propor emendas aos projectos da maioria, a participar nas comissões parlamentares, a fiscalizarem a acção do governo, a acompanhar o desenvolvimento do país, a levar a voz de diferentes sectores da população à AR e confrontar o governo com as suas queixas e preocupações. A tendência para a bipolarização, movida pelo PS e PSD, por exemplo nos projectos de reforma do sistema eleitoral que têm apresentado, seria um estrangulamento da representação da AR, e afastaria ainda mais o eleitorado dos seus representantes. O cenário seria muito diferente se houve uma forte bipolarização, como existe nos EUA, na Inglaterra, ou agora em Itália. A nossa democracia institucional ficaria a perder se o cepticismo conduzir na prática a um reforço dessa polarização (uma uni-polarização com duas caras). Havendo 15 forças no boletim de voto de domingo, parece-me difícil que um eleitor que se dê ao trabalho de conhecer todas as forças, não encontro UMA com a qual se identifique minimamente.

continua

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous André disse...

continuação
O voto numa das forças parlamentares que nunca esteve no governo, ou nas forças partidárias que nunca estiveram na AR, não é um voto inútil. Os cépticos que caem nessa conversa, dando um voto útil, ou abstendo-se, estão a dar mais força precisamente às forças contras as quais estão descontentes. Num contexto em que se prevê que nenhum partido irá ganhar a maioria absoluta, o voto nos partidos que não fazem parte dos dois partidos do Bloco Central assume ainda maior importância. Reforça a capacidade de fiscalização desses partidos e força aquele que vier a assumir o governo a travar diálogo com outras forças partidárias.

Os que apelam ao voto útil e os descrentes nas forças que têm vindo a ocupar o Governo convergem numa visão muito limitada do que é a Democracia e onde jaz o poder democrático. O resultado das eleições não dá legitimidade a nenhum partido para governar em nosso nome.

continua

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous André disse...

continuação
O poder da Democracia jaz nos eleitores e na população. O direito ao voto em eleições livres foi conquistado após décadas de luta, pelo que é um direito adquirido que não pode ser esbanjado por causa da qualidade dos que têm assumido as rédeas do poder. E mais que um direito é um dever de cada cidadão. Mas os eleitores, e cidadãos em geral, não podem resumir-se a votar e achar que com isso terminou a sua responsabilidade. Esta persiste entre actos eleitorais. A Democracia participativa, que consta na Constituição da República Portuguesa, é uma tarefa de cidadania exigente. Exige uma atenção e fiscalização permanente dos nossos representantes na AR, do Governo e das Instituições Públicas. Exige que estejamos atentos aos trabalhos que ocorrem nestas instituições, trabalho agora facilitado pela internet. Devemos ter, todos, o trabalho de acompanhar esses trabalhos e comunicar aos nossos representantes, seja através da acção de massas, seja através de abaixo-assinados, seja através de cartas individuais, as nossas opiniões, queixas e preocupações. Os representantes e governantes estarão a servir-nos e não a comandar-nos. O cepticismo revela um descontentamento com (alguns) partidos. Tal não se corrige através do afastamento ou abstenção, mas através de uma maior participação na vida democrática.

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous Arrebenta disse...

Cidadão: se te sondassem a boca da urna, salvo-seja, não seria para ti novidade de que o grande partido vencedor de domingo será o dito Bloco de "Esquerda", e eu respondo que já meti a mão na minha própria urna, salvo-seja, e saiu de lá o mesmo presságio.

A cena seguinte passa-se na cubata de Ana Drago, penosamente construída com ramos de PPRs, e uns tapete antigos, que já nem Trotsky penduraria nas paredes, quanto mais uma "freelancer" do séc. XXI. São 9 da manhã do dia 28 de Setembro de 2009, segunda feira. A Ucraniana de serviço, ilegal, mas metida na Segurança Social naqueles esquemas esquisitos do faz-de-conta que desconta, mas, no fundo, não desconta, e a patroa finge que não sabe, mas quando chega a hora do desemprego é o contribuinte que paga tudo,

dizia eu de que,

Ana Drago está inquietíssima, sentada ao lado do seu telefone Meo-fibra, com ar de minha febra, a ver quando é que a coisa toca.

TRIM-TRIM!!!... (O coração pula, e a vagina pinga)

A Ucraniana atende: sim?... tu querer falar com senhora Drago?... Senhora Drago ir ver se estar... (silêncio. A outra comunica por gestos, faz a célebre boca de fazer broches aos grilos, e mexe muito as mãos, quer saber a cor política do telefonema) Senhora Drago está a perguntar seu partido... (silêncio) Senhora Drago... ser CDS/PP que querer falar com Senhora...

Ai, o CDS/PP!?... Vou já vestir umas calças, para ele pensar que é um fuzileiro que lhe quer comer o esfíncter, e... oferece o quê?... (silêncio) Secretaria de Estado do Turismo!?..., sim, posso..., e quer que vote sempre favoravelmente!?..., claro, mas posso ter motorista, não?..., não, não há problema, não... podem licenciar o país todo de contentores até Badajoz, e desisto das Uniões de Facto, para não fazer corar senhores de fato azul escuro decentemente mal casados com gajas que engolem tudo... Sim, tiramos já isso do Programa!... Telefone amanhã, para acertar os valores e os cargos... (silêncio) Pretos!?... Deus me livre: odeio!... Connosco coligados, não entra cá mais nenhum!...

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous Arrebenta disse...

Toca o telefone.

Senhora Drago estar lá dentro. Querer dar algum recado?... (É a Manela Arenque Fumado, com o seu colar de pérolas pendurado nas peles). Quer fazer passar umas leis?... Pois, toda a gente quer... Oferece o quê?... Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros!?... Bem haja!... Pode ser (vou já tirar as calças e pôr uma saia preta abaixo dos joelhos, porque a velha é puritana... ) Sim, sim, pode estar descansada que voto favoravelmente os diplomas todos durante dois anos. Depois, é negociado diploma a diploma, e tudo em "off-shores", ou no BPN... Não!... Não, esteja descansada, temos um fundo político comum, e também acho que a contenção orçamental é a melhor solução: os outros que paguem a crise.

Toca o telefone.

Sim, querer falar com Senhora Drago, Senhora Drago estar a ver n a Net salário de Secretário de Estado mas vir já... Senhora Drago, Senhor Sócrates querer falar com Senhora Drago (Tira as saias compridas, e vai pôr uma saia-calça, embora ele nem repare nisso: prefere meias sombras e venezuelanos musculados)... Ministério do Ambiente, com certeza Senhor Primeiro Ministro... (Silêncio) Nunca fomos contra a coincineração, até podemos fazer isso nos fornos dos Pastéis de Belém, e na Padaria das B'zanas, na Rua da Rosa... Sim, a Classe Média que pague a Coincineração, pois claro!... Não é para isso que compram lareiras em baiúcas da Margem Sul?... Claro, a Classe Média começa acima dos 500 €/mês!... Os ricos que paguem a crise... Fico então com o Ambiente e o Rosas com a Cultura?... Ótimo... Pode ser... Acha que dá para meter mais alguém?... Sim, votamos favoravelmente todos os temas fraturantes, até a Zoofilia e vamos apoiar a campanha de Paulo Pedroso em Almada... Mas, para isso, é o Miguel Portas com a Educação, em vez da sonsa da Isabel Alçada, que roubou o Programa Nacional de Leitura à Conceição Rolo e à Manuela Malhoa, e temos de negociar mais umas Secretarias de Estado, à parte. Sim, sim... ficamos assim, não é preciso assinar nada, e depois recebemos em pequenas parcelas de dinheiro, como no "Freeport". Quanto ao TGV já começou neste telefonema: resolvemos todas as diferenças à mais alta velocidade. Pode confiar: nós somos MESMO assim!...

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous Arrebenta disse...

Toca o Telefone.

Sim, Sr. Jerónimo, a Srª. Drago vir já!... Senhora Drago, o Senhor Jerónimo ter umas autarquias para coligar com Senhora Drago (A Drago tira as calças-saia e enfia uns daqueles aventais rodados, muito coloridos, que as badalhocas usam na "Festa do Avante"). O Sr. Jerónimo quer lutar contra o Grande Capital!?... Com certeza, mas, em contrapartida, queremos todas as Câmaras Municipais do Alentejo, e com a condição de que o Grande Capital comece 1 € acima do nosso salário de Secretário de Estado, tá quieto, ó meu!...

sexta-feira, 25 setembro, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

ò arrebenta afinal de contas qual é o partido que defendes?
Porra pareces uma gralha daquelas que falam,falam mas não dizem nada...pelos vistos ainda chegas longe...eh,eh,eh.

sexta-feira, 25 setembro, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter