sexta-feira, 24 de abril de 2009

25 DE ABRIL



Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade

Zeca Afonso

Etiquetas: , ,

37 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Neste radioso DIA DA LIBERDADE é possível dizer que os candidatos à Câmara Municipal de Portalegre são:

BE – José Mascarenhas
PCP – Hugo Capote
PS – Escarameia de Sousa
PSD – Mata Cáceres
CDS – Pedro Faria Paixão

sábado, 25 abril, 2009  
Anonymous Andreia Silva disse...

Então ja sabem da ultima?

A Courinha anda a deviar fundos da Santa casa para pagar a campanha do PS...

Esta semana estive na St Casa a saber os preços para internar a minha mãe e ela pediu-me 1200 euros para ajuda do Sr doutor (PS) para ganhar as eleições.

Foi dito que esta senhora pretende fazer um lar privado com ajuda dos Alvarás do PS.

Corrupta

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Oh Andreia das duas uma:

- ou tem uma imaginação infinita.
- ou então tem uma lingua viperina.

Cuidado não se morda e tente ser mais moderado nas invenções, porque nem a Dra. Margarida precisa, nem o Dr. Escarameia entra nesses números.

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Será?

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Isto é estratégia a faor da Misericórdia, não percebem?
Deve ter sido o Simplório.

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous João Ribeiro disse...

Quero deixar aqui a minha sincera homenagem a todos os cobardes que fazem da blogoesfera o estrume que tanto precisam para viver e continuar a viver em estado de total cobardia. É graças a estes cobardes anónimos que a nossa democracia ganha vida e maturidade.
A todos os cobardes anónimos as minhas saudações.

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Caríssimo João Ribeiro:
O seu contributo foi deveras importante e ilucidativo, mas em termos de conteúdo, concordará comigo que nem no mundo agrícola tem relevancia, quanto mais neste âmbito em que estamos.

Já agora contribua com uma opinião, por exemplo para um dos temas, escolha:
Destruição do campo de futebol,300 novas empresas para zona industrial, ou tão simplesmente assuntos mais rurais como os rebanhos comunitários ou o reptilário.

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Isso era o que eu gostava de ouvir ao Cáceres: uma ideia com princípio meio e fim.

Isto é anunciada no jornal e inaugurada. Agora só se apresentam ideias, só ideias, só ideias....

estes ultimos 4 aninhos foram só ideias, lugarzinhos para os amiguinhos e correr com os outros que não concordavam com as ideias.

NÃO DEU TEMPO PARA FAZER MAIS NADA.

"QUEM ÁS SUAS MAOS NASCE, ÁS SUAS MÃOS MORRE"

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Bem, esta da Curinha e da campanha eleitoral só pode vir de alguem em completo desespero de causa. Ultrapassou os limites do razoável, e quando assim é e temos telhados de vidro, temos o caldo entornado. QUEM LANÇOU ESTA NÃO PODE SER MAIS DO QUE UM JAVARDO NOJENTO DE QUEM O PIOR DOS PORCOS TEM NOJO. Analisem lá os casos da Santa Casa, mas não pisem a linha.

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Àquele que quer levar a discussão para a pocilga tal como anteriormente foi dito - arruma primeiro as coisas lá pela tua casinha e comportem-se como gente crescida em lugares públicos. às tantas da manhã dar espectáculos daqueles na praça mais movimentada da cidade? que vergonha. Ou acabas com estas invenções desesperadas ou entao sai mesmo tudo cá para fora, ok? não há ninguém que apresente queixa na PJ?

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous João Ribeiro disse...

Caro(a) anónimo(a):

Não percebo o que quer dizer quando refere que o meu comentário "nem no mundo agrícola tem relevancia, quanto mais neste âmbito em que estamos". Podia explicar melhor? Agradecido!

Aceitando o seu desafio, cá vai:

- Destruição do campo de futebol -
Não existiria outro terreno para implantar a escola prevista para o local? Estou certo que sim ... estou certo que sim. Numa Câmara endividada como a de Portalegre, não se justifica o desperdício, nomeadamente com as obras de adaptação dos espaços desportivos da "feira/Assentos/Lysias e a destruição (palavra maldita para o Presidente Mata Cáceres) do Kartódromo.

- 300 novas empresas para zona industrial-
Quando a esmola é grande ... o pobre descofia. Respondi-lhe?

- rebanhos comunitários
Uma vertente do desenvolvimento passará, certamente, pela afirmação dos nossos valores, dos nossos recursos, das nossas especificidades. Enfim, daquilo que nos torna únicos, diferentes. Mas esta dos rebanhos é um puro disparate.

- reptilário -
Não é um investimento prioritário, mas bem implementado poderá ser uma infraestrutura com interesse.

Mas quando se fala em processo de desenvolvimento, o importante é a estratégia/modelo. Não se podem fazer investimentos desgarrados, isolados, sem que obdeçam a uma estratégia previamente definida. Se julgar conveniente poderei desenvolver esta ideia, embora este blog não seja o local mais indicado para o fazer

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Por favor não ameacem por ameaçar esses barrascos de Andreias ou o raio que os parta. Sujar as mãos com isto não vale a pena, mesmo percebendo a compreensível indignação.

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Caro João Ribeiro,

Obrigado por se ter dado ao trabalho de me responder. Assim constato que consegue muito melhor que aquela linguagem que a ninguém aproveita.

O meu comentário sobre o mundo agrícola, foi uma graçola mal conseguida por mim, por o João ter utilizado a palavra "estrume".

Não concordo com alguns pontos:
Campo de futebol - concordo

Zona Industrial . Não respondeu. Afinal o Cáceres não colocou lá nem uma nova empresa. Transferiu, isso sim, serviços do centro da cidade para a zona industrial, contribuindo de forma decisiva para o empobrecimento da cidade, para o despovoamento e para o encerramento de um conjunto de PME's e empresas familiares. Levou inclusivamente ao estado em que a Rua do Comércio hoje se encontra.

Rebanhos comunitários - concordo

Reptilário - Não concordo nem discordo. Acho que para se anunciar um projecto destes, antes temos que ter muitas outras estruturas culturais, turísticas e desportivas a funcionar devidamente.

Eu não falo em processo de desenvolvimento. Falo em modelo de desenvolvimento e o Cáceres claramente não o tem. Não tem um modelo de desenvolvimento de cidade. Diz o que lhe vem à cabeça, não pensa e está mal rodeado, mal aconselhado.

Tudo começa na minha opinião, com a revisão do PDM em que a cidade é dimensionada para 80.000 habitantes.

É claro que o que está por detrás são óbvios interesses imobiliários, que têm tido custos imensos para a autarquia. Actualmente, terrenos que custavam menos de 1€ o m2, custam agora 20€.

Este tem sido o verdadeiro modelo de desenvolvimento de Portalegre, desde que o Cáceres foi eleito.

Manecas

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous João Ribeiro disse...

Manecas;

Não entendo o motivo da "indignação" pela linguagem por mim utilizda.
Não considero o post ofensivo, nem pelo linguagem utilizada, nem pelo sentido do mesmo. Não me diga que se ofendeu com a expressão "estrume"? Deixe-me ser mais explícito, quiçá ofensivo: a merda lançada ao abrigo de um pretenso anonimato é o caldo ideal para o desenvolvimento de atitudes cobardes, capazes de melindrar o bom nome a que todos temos direito. A provar o que digo, espreite uns posts mais atrás e veja o que foi dito por uma qualquer Andreia Sofia. Foi, ou não, merda lançada ao abrigo do anonimato? Colocou, ou não, em causa o bom nome de pessoas?
Infelizmente os blogs de Portalegre são peritos neste tipo de ofensas que, mais do que ofensas, representam a pobreza de espírito de muitos portalegrenses. A incapacidade que muitos, demasiados em minha opinião, revelam em discutir de forma séria os assuntos da nossa terra talvez seja um das factores que conduziram ao estado em que nos encontramos, embora seja mais fácil procurar explicações no exterior ... nos outros. Assim, sempre dá para assobiar para o lado e sacudir a àgua do capote

domingo, 26 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Eu colocava essa tal de Andreia no Ministério Público. Não tem o direito de difamar a directora.
Mas não há quem ponha um processo judicial a esta corja?

Patrícia

segunda-feira, 27 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

O mal será dos blogues ou das pessoas?

segunda-feira, 27 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

CAro João Ribeiro,

Não me diga que não consegue ouvir uma "piquena" crítica. Também não era para tanto....

A sra. D. Andreia Silva como já disse anteriormente, ou tem a imaginação muito fértil, ou então tem uma lingua víperina, e como tal, é melhor ter cuidado não vá morrer do próprio veneno.

Este género de comentários não interessam nada, não recentram o debate e só interessam a quem está à"rasquinha", pelo que resolve mandar estas para o ar para nos distrair do essencial.

Alguns mordem o anzol, a maioria diria eu, e alimentam esta conversa de m....., outros tentam discutir ideias e pontos de vista. É o meu caso.

Já agora, caro JR, sobre a revisão do PDM, diga lá de sua justiça.

segunda-feira, 27 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Peço desculpa de meter a colherada, mas relativamente ao PDM devo dizer que o mesmo devia ser revisto com alguma urgência e por quem venha a ganhar a autarquia ao Cáceres. A lógica do PDM actual foi demasiado construída tendo em conta interesses meramente imobiliários e não os interesses de consolidação da cidade. O Eng.ºPinto Leite sobre esta matéria tem tido uma actuação brilhante e que coloca claramente o dedo na ferida. Não podemos expandir a cidade para zonas que nos trariam mais custos do que beneficios, temos sim que voltar a unir a cidade, juntá-la, usando para isso a área construtiva inutilizada que existe na parte mais central da cidade. Qual a lógica de expandir para uma Quinta ao lado da Finicisa ou para as zonas das coutadas e Praça de Touros? Isto sem colocar em causa o projecto do Grupo Pestana que a concretizar-se será importante, mas pelos documentos que vi recentemente, bem podemos esperar por ele, que não vai avançar tão depressa! Isto é que é discutir a cidade, concordo convosco.Obrigado

segunda-feira, 27 abril, 2009  
Anonymous João Ribeiro disse...

Claro que aceito uma "piquena" crítica. Mas pelos comentários que foram feitos, creio que por duas pessoas distintas, ou pelo menos com dois estilos distintos, creio que o sentido do meu post inicial não foi correctamente interpretado. Mas sobre ele também não vou dizer mais nada. Está aí para ser lido e relido. As conclusões, cada um retira as que bem entender.
Quanto ao PDM, subscrevo integralmente s considerações feitas pelo último anónimo. Mais, o resultado da revisão do PDM não sei a que lógica obedeceu, mas de certeza que à da coerência do planeamento urbanístico não foi. Não estou, nem quero, acusar ninguém, mas ocorrem-me à memória alguns artigos saídos na comunicação social acerca da especulação imobiliária e enriquecimento fácil que os PDM´s possibilitam.

segunda-feira, 27 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

E ontem como teria corrido a Assembleia Municipal?

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Bem..

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Bem? Será?

Uhhhh duvido....

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Correu bem correu! Parece que o Mata levou outra sova da oposição por causa da vergonhosa situação das contas da CMP.

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Tão sendo assim nao correu tao bem como o Mata queria não?

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

POIS É:
O Executivo da Camara Municipal, depois de contrair um empréstimo de 18 milhões de euros, para fazer um saneamento financeiro, ainda aumentou a divida até 31 de Dezembro em mais 5 milhões.
A divida da CM em 31 de Dezembro era de 45 milhoes.
Partindo do principio que os habitantes do concelho de Portalegre são 26.000 cabe a cada um a responsabilidade de cerca 1.700,00€.

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Caro João Ribeiro,
Apesar deste blogue ser altamente tendencioso, basta ver a escolha que é feita para os post's, é bom ver que há pessoas que têm opinião sobre a cidade e sobre o que nela se passa. Também é bom de ver que essa opinião não é condicionada politicamente, mas sim o exercício da cidadania.

Acabei de chegar ao blogue e reparei que mais dois post's foram colocados para comentar, um com a edição desta semana do Alto Alentejo e o outro sobre o computador magalhães.

Entre o último post do 25 de Abril e estes não aconteceu mais nada de relevante na cidade?

Por exemplo não se anunciou demolir o Estádio Municipal? Na minha opinião seria interessante saber o que, quem passa por cá pensa.

Também em Castelo de Vide há uma semana, uns meninos do CDS-PP vandalizaram um abandeira do PS. Isso também não merece um post?

Mas o computador MAgalhães, que é uma medida positiva, que retira imensas crianças da infoexclusão, e que contribui claramente para a igualdade de oportunidades, não merece um post pela positiva.

Deixo bem claro que não aplaudo a tomada de posição adoptada na escola de Cast Vide, mas será isso o essencial?

Este blogue sobrevive pelo negativismo, pela descrença. Deixo este apelo aos gestores do blogue no sentido de contribuirem com isenção e positividade.

Manecas

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Mas lá no fundo o Caceres ainda teve sorte porque muitas Câmaras incluindo Lisboa e Porto nao conseguiram argumentos para fazer passar esses emprestimos ... deve ter sido dos lindos olhos

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

La teve sorte numa, o atendimento é o que se sabe, a cultura desde que o pargana saiu ,,,,, o sector social onde anda nesta altura de crise ,....

terça-feira, 28 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

O Mata anda nervoso ... muuito nervoso! Huuuuuuuuuummmmmm!

quarta-feira, 29 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Ó manecas
Olha que entre os meninos do PP que rasgaram a bandeira e o que a tua corja fez com os miudos da escola, bem podes estar caladinho, aliás como os teus amigos xuxas...
OS miudos do PP é que tiveram tomates, e não me venhas com lições de cidadania e liberdade e o tanas, porque de blá blá estamos nós fartos. É por haver tantos "ensinadores " que isto chegou a este estado.
A corja xuxalista teve azar, pensavam que desviavam as atenções para os miúdos do PP e depois fazem uma destas, é do melhor!!!

quarta-feira, 29 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

É o que dá as nomeações por afinidade familiar...
Ponham esse esbugalhado (PP)na rua antes que as vergonhas continuem!!!
Pavão!
Ainda não satisfeito com as borradas que tem feito está em bicos de pés a concorrer a director da escola lá da terra dele...Vai-te esconder e brincar com os comboios!...

quarta-feira, 29 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Colocar no mesmo patamar, uma jogada de marketing de mau gosto, e um acto de vandalismo que coloca em causa os mais básicos principios da democracia, é algo que só desesperados bloguistas podem fazer. O estado de direito e a democracia portuguesa ficam em causa sim, mas é com a manipulação da nossa justiça, com a infâmia, a calúnica, a insinuação e a mercantilização da opinião mediática a serem parte integrante da nossa sociedade. Foi um grave erro, até porque se tratam de crianças, e nesse sentido os mais directos responsáveis devem responder pelo que fizeram, mas não confundam as coisas. Só quem não conhece em pormenor os mecanismos de construção de uma sociedade autoritária ou totalitária é que pode dizer estes disparates. Nem este blog poderia existir numa sociedade desse tipo. Que os responsáveis sejam punidos, é o que se pede.

quarta-feira, 29 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Hum, agora chama-se " marketing ", no meu tempo tinha outro nome.
E realmente não tem comparação, um acto isolado de um adolescente não se pode comparar com a sacanice dos adultos.
Aliás, do acto isolado desse adolescente e da atenção exagerada que o PS lhe atribuiu, o que é que resultou? Apenas alguns comentários de pêgas virgens ofendidas cá da terra.
Já o outro caso.... a ver vamos no que vai dar!!!
Aliás, se o caríssimo tiver o trabalho de ler os comunicados do PS num e noutro caso... não é preciso dizer mais nada.

quinta-feira, 30 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

"Colocar no mesmo patamar, uma jogada de marketing de mau gosto, e um acto de vandalismo que coloca em causa os mais básicos principios da democracia, é algo que só desesperados bloguistas podem fazer. O estado de direito e a democracia portuguesa ficam em causa sim..."

Realmente este acto de vandalismo comparado à criminalidade crescente nos grandes centros habitacionais é importantíssimo. OS crimes nas escolas, o uso de armas por parte dos adolescentes e as ameaças constantes aos professores não se podem comparar a esta atitude capaz de pôr em causa um Estado de Direito. O grande crime económico, a corrupção ao mais alto nível e a impunidade das instituições competentes, isso sim deveria preocupá-lo.
Levante a cabeça e veja o que se passa à sua volta.
Qualquer dia não serão apenas bandeiras arrancadas do mastro...
Estamos cansados deste discurso.
E se for preciso arrancar umas bandeiras e dar um safanão a sério nesta classe política corrupta que apareça um líder capaz e terá o meu apoio.
Pena tenho eu que não haja mais jovens com a mesma atitude, assim isto tomava outro rumo.
Cambada de xulos!

quinta-feira, 30 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

A direita preocupa-se muito com a insegurança e depois cria vândalos nas suas hostes. Que bela coerência! Quanto às pêgas, são uns belos pássaros, bem mais agradáveis do que algumas aves de arribação que eu conheço.

quinta-feira, 30 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

E a iC13 está pronta. Porque não abre ao transito?
É justo fazer as pessoas andar pelas curvas da antiga estrada, que tem o piso todo degradado especialmente entre Crato e Alter em consequência das obras da IC13?
E as pessoas doentes que são transportadas em ambulância terem de percorrer aquela estrada em sofrimento, quando ao lado está uma estrada novinha e fechada?
Vergonha de País....

sábado, 02 maio, 2009  
Anonymous COMPADRE disse...

VAMOS LÁ AO QUE UNTERESSA. QUANDO É INAUGURADA A PORRA DA IC 13?
ESTÁ PRONTA. QUANTOS É PRECISO MORREREM NA MERDA DA OUTRA ESTRADA?
ANDAM A GOZAR COM ESTA MERDA TODA...

terça-feira, 12 maio, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Site Meter